ForróNejo

TEATRO JOSÉ DE ALENCAR Tempo de Retirada – Theatro José de Alencar recebe espetáculo que aborda a passagem do tempo e as relações familiares

TEATRO JOSÉ DE ALENCAR

Tempo de Retirada – Theatro José de Alencar recebe espetáculo que aborda a passagem do tempo e as relações familiares

“Se o corpo humano fosse uma casa e estivesse de mudança, qual parte estaria na caixa com o frágil?”, é com esse questionamento forte e sensível que Tempo de Retirada atravessa o público. Com uma proposta intimista e delicada, ao som de clássicas canções francesas, a apresentação, realizada de forma bifrontal, convida o espectador a entrar na casa de duas mulheres: Rosa e Amélia, que apesar de viverem em realidades diferentes, têm muitas dores em comum. O espetáculo é o trabalho de conclusão da turma do Curso Livre de Práticas Teatrais – CLPT – 2019, promovido pelo Cangaias Coletivo Teatral, e estreia no dia 7 de dezembro, no Theatro José de Alencar.

Para o diretor da peça, Luis Carlos Shinoda, que também é professor do curso, a apresentação fala sobre angústias muito presentes no dia a dia. “No fundo, o espetáculo trata de amor e liberdade. Tempo de Retirada aponta também para a reflexão sobre viver a vida e aproveitar o tempo. Discute sobre como precisamos desconstruir certos paradigmas que nos aprisionam a viver uma liberdade necessária para nos sentirmos mais felizes, mas que nem sempre temos coragem”, afirma. No total, estão se formando nesta turma 11 alunos, que passaram cerca de nove meses estudando interpretação, construção de personagem, expressão corporal-vocal, canto, dramaturgia, improvisação, produção e montagem de espetáculo.

Teatro como forma de sonhar

O CLPT é um projeto de formação para atores iniciantes ou com experiência, mas as aulas vão muito além da teoria e da prática, oferecendo aos alunos novas possibilidades. “O maior aprendizado que tive com a peça foi sobre seguir os meus sonhos, ter coragem para isso. E sempre com consciência para que lá na frente não questione ao tempo o que ‘perdi’ e sim ser grata pelo que vivi e por todas as experiências sendo boas ou ruins, porque tudo isso nos forma”, conta Isadora Cid, umas das alunas do curso.

Pedro Capibaribe sempre diz que nasceu para ser artista, mas teve que esperar 65 anos para que finalmente pudesse realizar esse desejo, e hoje, acredita ainda mais na força que atuar pode proporcionar. “Para mim, estar fazendo teatro pela primeira vez é uma coisa sonhada ao longo de toda a minha vida, eu sempre admirei os artistas. Fazer teatro é muito forte e leva a gente a mexer no fundo da alma. É um processo muito intenso de externalizar sentimentos seja por meio do gesto, da fala, da emoção. É, acima de tudo, um momento de grande emoção”, pontua.

Sinopse

O novo espetáculo do CLPT, Tempo de Retirada, tem autoria de Eliana Coelho, Ernane Pereira e Rafael Barbosa, com encenação de Luís Carlos Shinoda e produção de Gabi Gomes. A peça se apropria do tema Família para tratar de assuntos como fragilidades das relações, abandono, medos, desejos, liberdade e sonhos pessoais.

Ambientado por um jardim de folhas secas, duas histórias são reveladas entre a fantasia e a realidade em um espaço intimista onde o público é visita e cúmplice dos acontecimentos e conflitos que são revelados nesse lar. Amores, afetos, dores e frustrações, em que passado, presente e futuro fazem parte do mesmo instante.

SERVIÇO
Tempo de Retirada
Data: 07, 08, 14, 15, 21 e 22 de dezembro
Horário: 19h
Local: Theatro José de Alencar – sala de teatro Nadir Papi Saboia
Ingresso: R$ 10 (meia) | R$ 20 (inteira)

Concha Comunicação
Assessoria de Imprensa
Nathanael Filgueiras – (85) 98882.0093
Nyara Cavalcante – (85) 98750.1834

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − sete =