Ancoradouro

Três anos depois de Seminário apontar STF como estratégia, corte descriminaliza aborto até 3º mês de gravidez

96 1

A sanha dos grupos favoráveis ao aborto robusteceu-se depois de cumprirem  vaticínio proferido há três anos: “O campo de luta é o Supremo Tribunal Federal”.

Os brasileiros em sua maioria são contra a legalização e descriminalização do aborto em qualquer fase do desenvolvimento embrionária. Entretanto, minorias pró-aborto, sabe-se lá movidos por quais interesses, não se dão ao descanso e militam dia e noite para que este crime torne-se legal no país.

STF decide que aborto até o terceiro mês de gestação não é crime.

STF decide que aborto até o terceiro mês de gestação não é crime.

Há três anos um encontro chamou a atenção. A Defensoria Pública de São Paulo promoveu um seminário cujo tema foi  ESTRATÉGIAS PARA A DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO NO BRASIL. O blog antecipou a realização deste Seminário [clique, aqui]. Foi neste encontro que um dos conferencistas, Daniel Sarmento,Procurador Regional da República e  Prof. Adjunto da Universidade Estadual  do Rio de Janeiro -UERJ, determinou qual seria a meta para a luta pró-aborto. “O campo de luta é o Supremo Tribunal Federal”. O professor alertou aos abortistas: “se a discussão é estratégias, a estratégia não passa pelo Congresso Nacional. Levar esse debate para o Congresso Nacional é a pior estratégia”.

 

O seminário foi totalitário e se recusou dar voz ao contraditório. O Movimento Brasil sem aborto e Movida descobriram na internet e tentaram viabilizar um contra ponto. Os organizadores relutaram até a última hora, mas na véspera, deixaram-nos indicar apenas um palestrante pró- vida contra oito abortistas. O ex-deputado Federal e um dos autores do Estatuto do Nascituro. Luiz Bassuma viajou três mil quilômetros e foi impedido de falar a partir dos gritos de uma militante pró-aborto. 

Segundo decisão do STF, não é crime matar este ser humano desta foto.

Segundo decisão do STF, não é crime matar este ser humano desta foto.

Para surpresa de todos, nesta terça-feira, dia 29, enquanto a Nação estava em luto pela tragédia que abateu a Associação Chapecoense de Futebol, Ministros do  STF decidiam em toque de caixa  que aborto até o terceiro mês não é crime. Embora a decisão dos magistrados tenha sido para um caso específico no Rio de Janeiro que julgava  funcionários e médicos de uma clínica clandestina de aborto, pode influenciar juízes de todo o país.

2º Tempo do jogo pró-morte

 

Os grupos abortistas se preparam para o próximo dia 7/12 quando o mesmo Tribunal fará  o julgamento que pode legalizar o aborto de crianças com microcefalia infectadas pelo Zika Vírus. Estas crianças em sua maioria infectadas pelo Zika Vírus têm reagido bem ao tratamento  que  visa terem uma melhor qualidade de vida.

 

Recomendado para você