Ancoradouro

Shalom inaugura Capela “Manjedoura da Paz” aberta 24h

A Comunidade Católica Shalom dedicou nesta segunda-feira, dia 4, a Capela Manjedoura da Paz, na Rua Maria Tomásia, 72, no bairro Aldeota. Com uma área de 242 m², a nova capela foi construída em seis meses. A antiga que existia no local, tinha capacidade para apenas 16 pessoas. A estrutura foi derrubada para dar origem a uma nova, agora, com capacidade para 200 pessoas.

Capela Manjedoura da Paz funcionará 24 horas.

A Missa de inauguração foi também em comemoração pelo  aniversário de sessenta (60) anos do fundador e Moderador Geral da instituição Moysés  Azevedo  e ainda contou com a presença de 90 padres que estarão participando do encontro de sacerdotes.

Noventa padres participaram da dedicação da nova capela.

O arquiteto e missionário da Comunidade de Vida Shalom, Cassiano Azevedo destaca que, “o espaço será um pronto-socorro espiritual para a população já que funcionará 24 horas. De segunda a sexta-feira, haverá missa às 7h10 da manhã. Em todos os outros horários, a capela funcionará somente para adoração ao Santíssimo Sacramento, beneficiando toda a população cearense, todos os fiéis, inclusive, aqueles que se sentem angustiados na madrugada. Todos poderão adorar ao Santíssimo Sacramento a qualquer hora.”

Padre Silvio Scopel presidiu a Celebração Eucarística e a bênção de dedicação da Capela.

Saiba mais sobre a Capela Manjedoura da Paz

“Na construção de toda capela, a gente escuta de Deus qual o mistério de fé que a envolve. E nessa, é o mistério da Manjedoura da paz que começa no calvário e termina no presépio, as duas etapas do nascimento.

A Capela Manjedoura da Paz foi projetada pelo missionário e arquiteto Cassiano Azevedo.

No calvário, Deus, através de Jesus, nos entrega Sua mãe, na pessoa do discípulo amado, e nós somos alimentados no seio de Maria, no seu útero, que é a Igreja, que é a Capela da Paz, onde somos alimentados pela oração, pela vida comunitária, pelos sacramentos, pela adoração.

Ao entrarmos na Capela encontramos dois pórticos com três arcos, onde, no início, toda a Comunidade de Vida e de Aliança se reunia no espaço entre eles. Em razão disso, optou-se por não removê-los, assim como deixar uma amostra do piso original.

 

No alto da cúpula está o vitral do Espírito Santo; é Ele quem nos faz amadurecer, assumindo Maria como Mãe, a Igreja como esposa e os homens como irmãos, nos pondo a caminho para evangelizar”, explica Cassiano.

 

Recomendado para você