Cinema às 8

Maloca Dragão 2017: Cinema do Dragão terá mostra documental; veja a programação

O Festival Maloca Dragão 2017 começa no próximo dia 25 com uma programação que reúne música, dança, teatro, literatura e cinema. No dia 26, o Cinema do Dragão inicia a mostra Cinema Documental: Fronteiras e Verdades dentro da programação do festival. A mostra vai até o dia 29 de abril. Acesso gratuito.

A programação terá ainda discussões sobre o gênero documentário brasileiro a partir da obra inacabada de Orson Welles. O cineasta esteve no Brasil para a produção do fragmento “Quatro homens e uma jangada”, o mais famoso de É Tudo Verdade (It’s All True). A série foi revelada ao mundo apenas em 1995. O cineasta norte-americano faleceu 10 anos antes.

O filme, que reconstrói a viagem dos jangadeiros Manuel Jacaré, Mestre Jerônimo, Tatá e Manuel Preto de Fortaleza ao Rio de Janeiro, foi filmado no litoral cearense. O contexto serve como tema para esta edição do festival: It’s All True, Orson Welles – 100 anos de Chico Albuquerque.

Vidas da Orla

Além de filmes como Baronesa, de Juliana Marques, Soy Cuba, de Mikhail Kalatove, e o próprio It’s All True, a mostra apresenta ainda a série Vidas da Orla, dirigida pelo antropólogo e professor Alexandre Fleming. O material foi produzido pela TVC em parceria com o Instituto Dragão do Mar e o Laboratório de Estudos da Oralidade da Universidade Federal do Ceará (UFC).

+ LEIA MAIS: Tudo sobre a Maloca Dragão 2017

Vidas da Orla abarca a Barra do Ceará, o Poço da Draga e a Beira-Mar, territórios emblemáticos da Capital. Três filmes de 26 minutos compõem a série. São eles: Marco Zero (sobre a Barra do Ceará), Dia de Vo(l)tar (Poço da Draga) e Arte Itinerante (Beira-Mar).

Veja a programação completa

Quarta-feira (26/04) – 19h30min

Baronesa, dirigido por Juliana Antunes (Minas Gerais) / 75 min / 16 anos
Sinopse: Andreia quer se mudar. Leid espera pelo marido preso. Vizinhas em um bairro na periferia de Belo Horizonte, elas tentam se desviar dos perigos de uma guerra do tráfico e evitar as tragédias trazidas junto com a chuva.

Quinta-feira (27/04)

Soy Cuba, dirigido por Mikhail Kalatov (Rússia) / 143 min / 12 anos
Sinopse: O filme traça um perfil de um período de transição em Cuba, entre a derrubada do regime de Batista e a revolução comunista, a partir de quatro histórias diferentes. Maria, de Havana, fica envergonhada após seu pretendente descobrir como ela ganha a vida. O idoso camponês Pedro tem as terras onde cultivava vendidas para uma empresa. Um universitário vê seus amigos serem atacados pela polícia quando distribuíam panfletos a favor de Fidel Castro, enquanto uma família de camponeses é ameaçada pelas forças de Batista.

Sexta-feira (28/04)

Vidas da Orla, dirigida por Alexandre Fleming (Ceará) / 75 min / Livre
Informações gerais: A série é composta pelos curtas-metragens Marco Zero, Dia de Vo(l)tar e Arte Itinerante.

Sábado (29/04)

Exibição de It`s Al True (90 min), documentário baseado na obra inacabada de Orson Welles, seguido do seminário Edouard Luntz em Fortaleza e Canoa Quebrada: Fragmentos de Operação Tumulto, onde serão apresentados fragmentos do documentário homônimo que investiga a vinda do cineasta Edouard Luntz ao litoral cearense nos anos 60 para dirigir um filme que jamais seria lançado. O seminário será ministrado pelo professor e diretor Alexandre Fleming.

Sinopse de IT´S ALL TRUE: O documentário trata de uma obra não finalizada de Orson Welles. O filme abordaria a América do Sul e a parte descoberta era referente ao Brasil, em um episódio que se chamaria Jangadeiros.

Serviço

Mostra Cinema Documental: Fronteiras e Verdades
Quando: de 26 a 29 de abril de 2017
Onde: Cinema do Dragão (Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura)
Acesso gratuito

Recomendado para você