Clube da Luta

Entrevista: Cearense José Maria ‘Sem Chance’ fala da expectativa para sua 2ª oportunidade no UFC

Cearense fez sua estreia em agosto, quando foi nocauteado por John Lineker. Foto: UFC/Divulgação

Cearense fez sua estreia em agosto, quando foi nocauteado por John Lineker. Foto: UFC/Divulgação

José Maria, o Sem Chance, terá mais uma oportunidade dentro do Ultimate Fighting Championship (UFC). Natural de Alto Santo, o cearense faz sua segunda luta pela organização e busca a primeira vitória para começar a traçar um caminho em busca do primeiro cinturão de sua categoria (peso mosca, 57 kg). O atleta vai lutar no dia 9 de novembro no UFC Goiânia, contra o estreante Dustin Ortiz (EUA).

O cearense fez sua estreia no UFC Rio 4, em agosto, quando enfrentou o compatriota John Lineker e foi nocauteado. Naquela ocasião, José Maria fez a preparação para o combate em cima da hora, já que foi chamado para substituir o inglês Phil Harris.

Para a nova oportunidade, Sem Chance teve tempo de sobra e está se dedicando ao máximo. Em fase final dos treinamentos, o atleta conversou com O POVO e disse que isso pode fazer diferença em seu desempenho. “Vai dar para estudar melhor o adversário e fazer um bom camping. Fora o prazo para exames, dieta, preparação física. Eu nunca tive essa condição de poder me dedicar só a treinar. Como todos já sabem, eu sou garçom e consegui ampliar a licença no trabalho para focar só no UFC Goiânia”.

Sem Chance entra como favorito para esse duelo. Com bagagem maior do que o adversário no MMA, o cearense tem tudo para sair vitorioso de Goiânia. Dessa vez, quem vai entrar com o peso da estreia será o americano Dustin Ortiz. “Estou confiante não pelo fato de ele está estreando, mas pelo fato de que estou bem treinado e estou com tempo exclusivo de só pensar nesta luta. Quero fazer a alegria do público de Goiânia com um belo show de MMA”, conta José Maria.

Sem Chance pode conseguir sua primeira vitória. “Estou muito orgulhoso de ser mais um guerreiro de sangue nordestino no UFC”.