Discografia

Kuarup relança registro do último show de Cartola

cartolaaovivoPoucos sambistas são tão reverenciados quanto Angenor de Oliveira, o Cartola. Mangueirense da velha guarda, sua inspiração era algo além do compreensível. E, que fique claro, foi ele o mais completo intérprete da própria obra – importante ressaltar, sem desmerecer as ótimas interpretações de muitos dos seus intérpretes. Discreto, sincero e afinado, Cartola dava nobreza às próprias letras. É o que se percebe em seu último show, realizado em 30 de dezembro de 1978 e registrado pelo produtor  “Pelão” Botezelli. Lançada (e agora relançado) pela Kuarup, a apresentação foi acompanhada pelo regional do Evandro e conta apenas com 11 números. Mas, diante da grandiosidade desses números, chega a parecer o suficiente. Mais que isso seria humilhação para muitos aspirantes a sambista. Alvorada, Acontece, Peito vazio são alguns momentos luminosos desse trabalho. Nada de afetações, teatralidade ou jogos de cena. Apenas os músicos, um microfone e alguns dos mais belos versos produzidos pela música brasileira. E, claro, a voz de homem que ficou conhecido como o “Divino”. De fato, ele não era menos que isso.

Veja as faixas de Cartola Ao Vivo:
1. Alvorada (Carlos Cachaça/ Cartola/ Hermínio Bello de Carvalho)
2. O mundo é um moinho (Cartola)
3. Sim (Oswaldo Martins/ Cartola)
4. Acontece (Cartola)
5. Amor proibido (Cartola)
6. As rosas não falam (Cartola)
7. Verde que te quero rosa (Dalmo Castelo/ Cartola)
8. Peito vazio (Élton Medeiros/ Cartola)
9. Alegria (Cartola)
10. O inverno do meu tempo (Roberto Nascimento/ Cartola)
11. O sol nascerá (Élton Medeiros/ Cartola)