Discografia

Luciana Mello apresenta 6° solo em Fortaleza

6o soloEla nem sabe dizer se e quando veio cantar em Fortaleza. É provável que tenha sido em 2002, ano que lançou o terceiro disco de carreira, intitulado Olha pra mim. De lá pra cá, outros quatro discos de Luciana Mello chegaram às lojas, incluindo uma seleção de grandes sambas interpretada ao lado do irmão Jair Oliveira. O fato é que só agora a cantora e compositora paulistana volta a Fortaleza, para apresentar a turnê 6º solo de hoje até domingo na Caixa Cultural. Como serão muitos dias na Cidade, ela aproveita a chance para trazer toda a família.

“Tenho amigos muito queridos e já fui passar férias no Ceará. Agora vou com as crianças para curtir um pouco”, adianta Luciana Mello por telefone, comemorando a chance de voltar a Fortaleza com o novo show. “A expectativa é muito grande. Por muito tempo eu venho tentando fazer essa ida aí dar certo”, acrescenta. Para compensar esse tempo longe dos fãs cearenses, ela modificou um pouco o roteiro da turnê para incluir canções de discos que não passaram por aqui.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=BtsrMQAenlY[/youtube]

Lançado em 2011, 6° solo mostrou ser o resultado da maturidade da intérprete tão ligada ao lado mais pop do soul e do funk. Sem deixar esses estilos de lado, o novo disco acrescentou mais suingue e brasilidade ao repertório. “Nesse trabalho, procurei mostrar mais da influência brasileira, arranjos mais abrasileirados”, comenta a cantora que encerrou o disco com o ótimo samba Mentira, composição do irmão Jair de Oliveira cantada em dueto com o pai Jair Rodrigues. “Inclusive, gravamos esse disco ao vivo em estúdio, modo como o meu pai gravava, com todo mundo ao redor”.

Falecido em maio de 2014, aos 75 anos, após sofrer um infarto enquanto fazia sauna em casa, o lendário Jair Rodrigues será homenageado pela filha no show que vem a Fortaleza. Como a própria Luciana faz questão de salientar, a homenagem vem na sequência de tantas outras que aconteceram desde que ela começou a cantar ainda criança. Aliás, foi ao lado do Jairzão que ela estreou no dueto O filho do seu menino, quando tinha apenas cinco anos. “Na verdade, sempre fizemos homenagens a ele, até com ele em vida. Por exemplo, quando eu canto Não deixe o samba morrer’ que o Jair gravou lindamente. Agora, isso ganhou outro sentido”.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=akrcOf-mH-U[/youtube]

O convite de Jair Rodrigues para a filha ainda pequena foi o incentivo para uma carreira que tem quase a idade de Luciana Mello. Depois dos projetos infantis com o pai e da breve passagem pelo Balão Mágico (que também contou com o irmão Jairzinho) ela lançou um primeiro disco aos 16 anos, ainda com o nome de Luciana Rodrigues. Tempos depois, se reuniu com amigos como Wilson Simoninha, Daniel Carlomagno e Max de Castro no projeto Artistas Reunidos. A reunião rendeu um trabalho ao vivo lançado pela Trama, mesma gravadora por onde lançaria Assim que se faz, disco que trouxe sucessos como Simples desejo e a faixa título.

“Eu fico muito contente por que são quase 30 anos de carreira, onde consegui formar um público bacana através dos meus discos e de participações”, orgulha-se a artista, que também reconhece a maturidade do 6º solo. “Quem falou que é um divisor de águas foi o Ivan Lins, na apresentação do disco. Ele achou isso e eu respeitei. Mas é natural, você vai ficando mais velho e também mais maduro. Eu curti muito o resultado e tenho muito orgulho por que é um crescimento”. Agora, o próximo passo é um DVD onde Luciana Mello reúne suas canções com a de vários compositores que foram marcantes em sua história. Stevie Wonder e Michael Jackson já estão garantidos no repertório que será gravado ao vivo até o final deste ano, para ser lançado em 2015. Depois, é torcer para que não demore tanto até este novo show chegar a Fortaleza.

Serviço
Luciana Mello – 6° solo
Quando: quinta-feira (25) a sábado (27), às 20h; domingo (28), às 19h
Onde: CAIXA Cultural Fortaleza (Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema)
Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). À venda no local
Telefone: 3453.2770