Blog do Jocélio Leal

Seguro-desemprego: Ceará tem R$ 6,2 milhões em fraudes bloqueadas

Fortaleza – O Ceará teve mais de 1 mil requerimentos bloqueados pelo Ministério do Trabalho desde a entrada em operação do sistema de Detecção e Prevenção à Fraude no Seguro-Desemprego (Antifraude), em dezembro de 2016. Até abril de 2018, o estado registrou perto de R$ 6,2 milhões em fraudes bloqueadas.

A maioria dos casos foi registrada em unidades de Fortaleza. Foram 430 casos de fraudes bloqueadas na Capital, totalizando R$ 2,6 milhões. Depois, destacaram-se Cascavel, com 130 casos e fraudes de quase R$ 813 mil; Caucaia, que teve 158 requerimentos bloqueados, chegando a R$ 754,1 mil; e Maracanaú, que em 125 fraudes bloqueadas atingiu R$ 580,4 mil.

A modalidade Emprego Formal respondeu por praticamente todas as fraudes do Seguro-Desemprego bloqueadas no Ceará. Foram 1.088 casos, chegando a R$ 6,1 milhões. Apenas três bloqueios foram registrados na modalidade Pescador, totalizando R$ 3,7 mil.

Brasil

Em todo o Brasil, o sistema de Detecção e Prevenção à Fraude no Seguro-Desemprego (Antifraude) implantado pelo Ministério do Trabalho (MTb) em dezembro de 2016 já proporcionou uma economia de quase R$ 1 bilhão aos cofres públicos até abril de 2018. Com quase 62 mil requerimentos bloqueados nesse período, o Antifraude chega perto de R$ 313,7 milhões em fraudes bloqueadas em todo o Brasil.

 

Recomendado para você