Política

Sarto diz que disputar Prefeitura “seria honroso”, mas é cedo para definições

Sarto. (Foto: Alex Gomes/ Especial para O POVO)

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE),  José Sarto (PDT), entende que as tratativas para escolha do postulante a sucessor de Roberto Cláudio (PDT) devem se dar apenas no próximo ano.

Questionado se o anúncio de candidatura do deputado federal Capitão Wagner (Pros) ao Paço Municipal não impõe certa pressa ao grupo político dele, liderado por Ciro e Cid Gomes, ambos do PDT, disse que a agenda para agora é de gestão.

LEIA TAMBÉM: Eduardo Bolsonaro corta microfone de Aécio Neves em Comissão do Senado

“Acho que o Wagner é um parlamentar com trajetória brilhante, natural que tenha sido bem votado, mas acho que a agenda que se impõe (nesse momento) é a administrativa”, afirmou ao Blog Política na tarde desta sexta-feira.

Segundo ele, o prefeito tem outras preocupações. Embora considere que ele esteja indo bem, Sarto diz que “temos dificuldades do ponto de vista econômico, do investimento”.

Sarto ingressou na política como vereador em 1988 e já foi presidente da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor). Como presidente da AL-CE, função que exerce hoje, tem sido presente em agendas do governador Camilo Santana (PT). E se  fosse convocado ao pleito municipal? “Seria honroso. É muito honroso ser lembrado para qualquer cargo majoritário. Claro que a gente fica envaidecido. “.

O médico pondera, contudo, que sua prioridade é gerir a Assembleia.  “Ainda acho que é cedo se colocar como pré-candidato”.

 

Recomendado para você