O Marial de San Lorenzo de Brindis

104 3

Pero, ¡oh, dichosos aquellos que se llegan a la Virgen com espíritu de auténtica devoción! Ella es certamente madre de todos; pero asiste com um amor especial a quienes le profesan uma íntima y cordial devoción.

San Lorenzo de Brindis

[Sermón Quinto: La Virgen María, excelsa abogada nuestra, p. 427. Em:San Lorenzo de Brindis. Marial: Maria de Nazaret, “Virgen de la Plenitud”. Traducción del latín por Agustín Guzmán Snacho y Bernardino de Armellada; Introducción, notas e revisión por Bernardino de Armellada. Madri, Espanha: Biblioteca de Autores Cristianos, 2004.]

Com o intento de formar uma boa biblioteca mariana, tenho feito algumas aquisições verdadeiramente valiosas. Por outro lado, em consonância com a máxima que afirma que “de Maria nunca se diz o suficiente”, pois resta sempre algo a dizer – o que faz ver a inesgotabilidade do tema -, cada vez que penso que adquiri o livro insuperável, pouco depois me deparo com outro não menos valioso. Foi essa a impressão que tive há pouco ao adquirir um exemplar do Marial de São Lourenço de Bríndisi.

Ao longo das 692 páginas do livro o santo italiano aborda de forma profunda e com acurada percepção os mais diversos temas marianos. Uma das peculiaridades da obra lourenciana é o vasto uso que o autor faz de trechos bíblicos, tanto do Antigo quanto do Novo Testamento, para fundamentar e ilustrar os seus pontos de vista. Tal estratégia permite que sejam estabelecidas conexões entre a história bíblica e a figura da Virgem Maria.

São Lourenço de Bríndisi

São Lourenço de Bríndisi nasceu na Itália, em 1559, e faleceu em 29 de julho de 1619, durante uma de suas missões na Península Ibérica, tendo sido sepultado em Villafranca del Bierzo. Menino prodígio, há relatos de que aos seis anos era capaz de repetir de memória um livro inteiro. A essa habilidade recorreu diversas vezes quando, ainda criança, sendo convidado pelo pároco local para celebrações particulares onde atuava como pequeno pregador, declamava no púlpito trechos inteiros de livros que lera.

São Lourenço de Bríndisi foi canonizado em 1881 e, em 1959, agraciado pelo papa João XXIII com o título de doctor apostolicus. O  doctor apostolicus  conta-se, seguramente, entre os maiores mariologistas de todos os tempos. Ler os seus sermões é um deleite para quem quer que se interesse pelo assunto. A edição aqui comentada foi publicada em espanhol, pela Biblioteca de Autores Cristianos

3 Comentários

  • Frei Ribamar Gomes disse:

    Caro Amigo, fiquei impressionado pela beleza e precisão do seu artigo. sou fascinado por s. Lourenço. tenho o Marial em Latin, mas meu grande desejo é lê-lo em espanhol. por favor, me indique os meios pelos os quais conseguistes comprar tão valiosa obra?
    abraços
    paz e bem Frei Ribamar Gomes. Capanema _ PA

    • Vasco Arruda disse:

      Caro Frei Ribamar,
      Adquiri o Marial na livraria Paulus de Fortaleza. Depois que li sua mensagem, telefonei para lá para saber se ainda dispunham de algum exemplar, mas me responderam negativamente. O livro foi editado peal BAC-Biblioteca de Autores Cristianos. Aqui no Brasil, a representante dessa editora espanhola é a Editora Loyola. Portanto, penso que o senhor poderá entrar em contato com essa editora e ver se consegue um exemplar da obra. Segue o endereço eletrônico da Loyola: http://www.loyola.com.br.
      Muito grato por suas palavras elogiosas e por acessar o Sincronicidade. Anotei o seu endereço de e-mail, pois pretendo depois trocar algumas ideias com o senhor.
      Um grande abraço,
      Vasco

  • Leonardo Felipe disse:

    Olá
    Queria saber como fasso para adquirir um exemplar desse livro porque nao acho em lugar nenhum.
    Um abraço
    Leonardo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *