Veia Esportiva

Cearense vence etapa de abertura do Circuito Brasileiro de Surf Profissional 2019

Circuito Brasileiro de Surf Profissional

Cearense Artur Silva (Foto: Lima Jr)

O último dia do Circuito Brasileiro de Surf Profissional 2019 começou chuvoso e com fortes rajadas de vento. Os primeiros a cair na água foram os homens, com as quartas de final, seguidas pelas semifinais femininas e masculinas.

Apesar do vento forte as ondas reagiram significativamente, mostrando por que a Praia do Futuro é considerada um dos principais picos de surf do Ceará.

Na sequência foi a vez das semifinais da categoria Feminino entrarem na água definindo os nomes das grandes finalistas.

Na primeira bateria melhor para Julia Santos e Camila Cássia e na segunda, a cearense Larissa dos Santos cravou o maior somatório da competição entre as mulheres, 14.53, pra seguir embalada para a grande final, trazendo consigo a carioca, Taís Almeida.

Somando as duas maiores notas da final, Taís pode comemorar o título da 1ª Etapa do Novo Surf e a ponta do Circuito Brasileiro de Surf Profissional 2019, levando ainda de quebra, o cheque de R$ 13.5000, destinados aos campeões das etapas do Circuito Novo Surf.

Masculino
O pernambucano Tiago Silva chegou à bateria mais importante da competição como o único atleta a cravar os maiores somatórios nos dois dias anteriores.

O paulista de São Vicente, Marcos Corrêa, também chegou à final com a confiança de quem havia avançado a maioria das baterias que competiu na primeira colocação, apresentando um surf sólido com manobras grandes e progressivas.

O atual Campeão Cearense Profissional, Charlie Brown, se credenciou à final com apresentações dignas de um surfista local de altíssimo rendimento e o também cearense Artur Silva, esse sim, não poderia estar mais à vontade na água.

Apesar do excelente desempenho em toda competição, Tiago Silva não conseguiu repetir as atuações que o colocaram diariamente em lugar de destaque e terminou na quarta colocação.

O paulista Marcos Corrêa não conseguiu superar os cearenses terminando na terceira colocação.

Cearenses
A grande final ficou nas mãos dos cearenses Charlie Brown e Artur Silva, um duelo franco e direto com viradas alucinantes praticamente a todo minuto.

Contudo, foi Artur quem conseguiu impressionar os árbitros arriscando tudo em aéreos de backside para terminar o evento como o título de campeão, a liderança do circuito e o cheque de R$ 13.500.

Novo Surf
O Novo Surf, como foi batizado o Circuito Brasileiro de Surf Profissional 2019, foi promovido pela Confederação Brasileira de Surf. Completamente reformulado, o circuito contará com cinco etapas em diferentes estados: Ceará, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Cada evento distribuirá R$ 100 mil em premiação, com equiparação de valores para as categorias Masculino e Feminino, uma grande evolução para o desporto brasileiro e mundial.

Meio Ambiente
Um dos diferenciais desse circuito é o cuidado com o meio ambiente. Para isso a estrutura da competição é quase toda composta de bambu, o que minimiza o impacto ambiental. Atletas e banhistas também são sistematicamente convidados a recolher o lixo da praia, uma forma de colaboração na consolidação deste hábito tão importante na atual conjuntura do planeta.

Além das disputas dentro da água, a programação incluiu ações educativas de defesa do meio ambiente, de combate ao plástico nos oceanos e de inclusão social pelo esporte promovidas pelo Instituto Povo do Mar.

Instituto Povo do Mar (Ipom)
Fundado em 2010, por quatro surfistas como uma organização sem fins lucrativos projetada para prover oportunidades de educação para jovens do Serviluz e da Praia do Futuro, o Instituto Povo do Mar tem por finalidade o acesso à cidadania, à educação, ao esporte para o pleno desenvolvimento, aos estudos em língua estrangeira, às artes, à cultura, ao voluntariado e ao desenvolvimento social no combate à pobreza e à preservação do meio ambiente.

Seu principal objetivo é desenvolver um conjunto de ações socioeducativas, oferecendo uma educação transformadora que visa estimular mudanças sociais a partir de valores como humanidade, amor, respeito e altruísmo.

O Novo Surf Ceará, Etapa de Abertura do Circuito Brasileiro de Surf Profissional 2019, foi Apresentado pela Secretaria de Turismo do Governo do Estado do Ceará. Idealização e Produção: Almasurf. Realização: Confederação Brasileira de Surf. Apoio: Instituto Povo do Mar (Ipom) e Federação de Surf do Estado do Ceará.

Por George Noronha

RESULTADOS
Masculino Profissional
1º Artur Silva-CE
2º Charlie Brown-CE
3º Marcos Corrêa-SP
4º Tiago Silva-PE

Feminino Profissional
1ª Taís Almeida-RJ
2ª Camila Cássia-SP
3ª Julia Santos-SP
4ª Larissa dos Santos-CE

Recomendado para você