Ancoradouro

Brasileiros são contra aborto e descriminalização do uso de drogas

200 2

O Projeto de Lei do Senado, conhecido como PLS 236/2012 que diz respeito a reforma do novo Código Penal elaborou uma pesquisa colhendo opinião dos brasileiros sobre temas controversos propostos como o aborto e uso indiscriminado de drogas.

Veja os números divulgados pelo site do Senado Federal:

USO DE DROGAS
– Para 89% dos entrevistados, a lei deve proibir que uma pessoa possa produzir e guardar drogas para consumo próprio
– Dos 9% que defenderam a legalização do uso de drogas, 72% disseram concordar com a legalização do uso apenas de maconha

ABORTO
– Na opinião de 82% dos entrevistados, a lei não deve permitir que uma mulher realize o aborto quando ela não quiser ter o filho

Recomendado para você

2 Comentários

  • isayasrq@hotmail.com disse:

    OS SUCESSORES DE HERODES CONTINUAM SUA MACABRA MISSÃO…
    Ele foi, de fato, um rei muito poderoso e influente por manter cativos fiéis seguidores até hoje, os neo Herodes. Ele tencionava matar a Jesus: fê-lo trucidando milhares de crianças em seu lugar, subtendendo que estaria dentre elas, à época, abaixo de 2 anos. Em pleno século XXI Herodes capta numerosíssimos discípulos, vinculados a seu espírito satânico, em nome e lugar de quem praticam, promovem o aborto ou votam em candidatos ou partidos socialistas ou comunistas , PT, PV, PRB do abortista-sectário Edir Macedo, etc. que adotam como sendo programa oficial de governo o aborto.
    Nem os animais jamais ingerem seus ovos ou abortam os filhotes.
    Assim sendo, todas as crianças sacrificadas nos abatedouros, matadouros ou clínicas de aborto ou em “abortos ocultos” esses colaboracionistas têem suas digitais impressas no sangue derramado de cada uma delas provenientes desses fratricídios; os praticantes ou eleitores desses partidos são excluídos da Igreja Católica por grave apostasia, não podendo inclusive receber validamente os sacramentos, transformando-se em mortos espirituais, defuntos ambulantes.
    O pior, no Juízo Final serão duramente interpelados de co-participação em cada um desses assassinatos. Já possuímos tantos pecados pessoais, adicionaremos ainda mais homicídios, propositamente? Poderíamos evitá-los não nos enquadrando no acima, acrescendo vários milhares de gravíssimos pecados ainda mais ao nosso já sujíssimo currículo existencial, provando-o a participação de muitos supostos católicos envolvidos nas citações relatadas.
    A não ser que a pessoa, após infortunada existência, maldita vida, queira ser recebido por Satanás e ouvir dele: obrigado, comparsa, tome posse do reino do inferno; é todo seu, precipitando-o adentro para sempre, daí sugerindo a pergunta: disporia-se você a correr tal risco?
    Por outro lado, convém melhor se esclarecerem as mulheres no risco a que se expõem em uso de pílulas contraceptivas em relacionamentos conjugais, podendo oportunizar a existência de “abortos ocultos”, pela ação anticoncepcional ser impedida a fixação do óvulo já fecundado, sendo expelido, gerando aborto consumado e passível das mesmas punições canônicas; pior ainda a ingestão de pílulas abortivas “do dia seguinte”, cuja ação já é de homicídio consumado.
    Aliás, ao acaso o suposto grupo “católicas(caóticas) pelo direito de decidir” que são abortistas apreciariam serem mortas no leito quando adormecidas, devidamente amordaçadas, sem alguma possibilidade de reação, sendo aos pouco friamente retalhadas pelos algozes até à consumação final, da mesma forma como fazem ou promovem semelhantes ações contra os nascituros?
    E mais: se as abortistas acima mencionadas ainda à ocasião tiverem a visão se Satanás lhes dizendo: aguentem firmes, daqui a pouco estarão comigo…

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =