Ancoradouro

Homossexuais defendem a família e sofrem perseguição da militância LGBT

249 4

Domenico Dolce e  vêneto Stefano Gabbana são dois estilistas que assumiram a condição homossexual e vivem em união estável. A dupla italiana foi alvo de ataques desde a última semana quando defenderam a preservação da família tradicional, aquela constituída pela união entre um homem e uma mulher.

Dolce e Gabanna.

Dolce e Gabanna.

“Sou siciliano e cresci com um modelo de família tradicional, formado por uma mãe, um pai e um filho. Sei que existem outras realidades e é justo que existam, mas minha visão de vida são os valores que me passaram. Cresci assim, isso não quer dizer que não aprove outras opções. Falei por mim, sem julgar as decisões dos demais”, explicou Dolce que é também desfavorável à  fertilização in vitro.

Elton Jhon, cantor e  homossexual declarado que vive com outro homem e teve dois filhos mediante fertilização in vitro esbravejou contra a opinião de Dolce e Gabanna e propôs um boicote à marca italiana numa postura de completa intolerância à opinião alheia.  “Vosso pensamento arcaico está passado de moda, como vossa roupa. Nunca voltarei a usar Dolce&Gabanna”, disse o idoso gay. 

A inquisição de Elton John foi recebida com surpresa pela dupla de estilistas. “Boicote Dolce&Gabbana? Isto é intolerância às opiniões diferentes! Eu te condeno porque não pensa como eu!? Loucura! É como se eu boicotasse ele porque teve dois filhos (com fecundação) in vitro! Não sou um idiota! Tolerância”, escreveu Gabanna.

Depois da polêmica que foi alimentada nos sites de fofocas com editorial geralmente favorável à militância LGBT voltou a reafirmar o valor da família tradicional como havia dito em entrevista para a revista italiana Panorama: “a  família não é uma moda passageira. Nela há um sentido de pertença sobrenatural”.

Perderemos fãs de Elton e ganharemos “mães”

Gabanna alfineto a intolerância e homofobia de Elton John: “existe diferentes opções, diferentes vidas. Igual respeito. Mas vejo que há, especialmente na Internet, alguns gays homófobos: aqueles que ofendem outros gays que expressam ideias diferentes”. “Possivelmente perderemos algum fã do Elton John mas talvez  ganhemos alguma mãe”. 

Recomendado para você

4 Comentários

  • Paulo disse:

    Não há dúvidas que, apesar de estarem na lama, atolaram-se a fundo nas paixões desenfreadas da aberração sodomita, no entanto, admitem o obvio: não cederam ao todo à irracionalidade do “casamento gay”.
    Mesmo assim, o procedimento de ambos conforma-se à mentalidade atual apóstata cristã e afeita às ideologias que prometem três coisas que atraem os incautos via “religião modernista”, sendo que a adesão a ela demonstram o quanto a mente humana está completamente ideologizada no niilismo, pervertida, subvertida e desnaturada: o homem ainda procura por aquilo que pode lhe dar:
    1 – Status,
    2 – Que possa “liberar” seus instintos,
    3 – E que propagam “herdar o paraíso”!
    Aliás, coincidem com as mesmas promessas de uma ideologia totalitarista aliada dos marxistas, envernizada de religião chamada islamismo, o qual apenas não admite o homossexualismo.

    Deixe um comentário:

    Encontre o que deseja:

    Siga-nos!

    RSS Feed Novos Posts

    RSS Feed Comentários

    Digite abaixo o seu email para receber gratuitamente as atualizações do Deus lo Vult!:

    Leia também sobre os seguintes assuntos:

    aborto anencefalia arquidiocese de olinda e recife ateísmo barack obama bento xvi brasil carlos ramalhete cnbb controle de natalidade crise da igreja dilma rousseff direito dom josé cardoso sobrinho eleições 2010 escândalo espanha estado laico estados unidos estupro evento excomunhão família fsspx fé igreja católica imprensa joão paulo ii movimento gay papa francisco pecado pedofilia pndh-3 polêmica protestantismo pt recife reinaldo azevedo rio de janeiro santo do dia stf são paulo vaticano ii virgem maria vídeo

    Últimos comentários
    Wilson ramiro em O julgamento de um bom cristão
    Renan em Vilipendiado o Sacramento da Confissão. Duas vezes.
    Alexandre Magno em O julgamento de um bom cristão
    Wilson ramiro em Vilipendiado o Sacramento da Confissão. Duas vezes.
    Bruno Pinho em Vilipendiado o Sacramento da Confissão. Duas vezes.
    Daniela em Vilipendiado o Sacramento da Confissão. Duas vezes.
    Edilson Meireles em Vilipendiado o Sacramento da Confissão. Duas vezes.
    Camilo em Vilipendiado o Sacramento da Confissão. Duas vezes.
    Jorge Ferraz (admin) em Por quê, afinal de contas, um Deus amoroso criou o Inferno?
    rciero em Vilipendiado o Sacramento da Confissão. Duas vezes.
    Camila Gois em Por quê, afinal de contas, um Deus amoroso criou o Inferno?
    Paulo em O que existe de «comunismo» no Ocidente contemporâneo
    João Jorge Peralta em Sobre Mim
    Renan em O que existe de «comunismo» no Ocidente contemporâneo
    Jorge Ferraz (admin) em Por quê, afinal de contas, um Deus amoroso criou o Inferno?

    Archiva
    março 2015 (7)
    fevereiro 2015 (8)
    janeiro 2015 (13)
    dezembro 2014 (9)
    novembro 2014 (6)
    outubro 2014 (11)
    setembro 2014 (14)
    agosto 2014 (2)
    julho 2014 (4)
    junho 2014 (4)
    maio 2014 (1)
    abril 2014 (11)
    março 2014 (13)
    fevereiro 2014 (2)
    janeiro 2014 (10)
    dezembro 2013 (12)
    novembro 2013 (18)
    outubro 2013 (25)
    setembro 2013 (25)
    agosto 2013 (24)
    julho 2013 (12)
    junho 2013 (25)
    maio 2013 (27)
    abril 2013 (29)
    março 2013 (41)
    fevereiro 2013 (27)
    janeiro 2013 (24)
    dezembro 2012 (26)
    novembro 2012 (32)
    outubro 2012 (28)
    setembro 2012 (31)
    agosto 2012 (28)
    julho 2012 (29)
    junho 2012 (21)
    maio 2012 (19)
    abril 2012 (31)
    março 2012 (37)
    fevereiro 2012 (21)
    janeiro 2012 (24)
    dezembro 2011 (26)
    novembro 2011 (32)
    outubro 2011 (33)
    setembro 2011 (29)
    agosto 2011 (24)
    julho 2011 (27)
    junho 2011 (33)
    maio 2011 (34)
    abril 2011 (28)
    março 2011 (25)
    fevereiro 2011 (12)
    janeiro 2011 (14)
    dezembro 2010 (17)
    novembro 2010 (29)
    outubro 2010 (38)
    setembro 2010 (29)
    agosto 2010 (23)
    julho 2010 (37)
    junho 2010 (52)
    maio 2010 (74)
    abril 2010 (44)
    março 2010 (44)
    fevereiro 2010 (35)
    janeiro 2010 (41)
    dezembro 2009 (28)
    novembro 2009 (28)
    outubro 2009 (36)
    setembro 2009 (42)
    agosto 2009 (47)
    julho 2009 (61)
    junho 2009 (64)
    maio 2009 (70)
    abril 2009 (63)
    março 2009 (93)
    fevereiro 2009 (52)
    janeiro 2009 (54)
    dezembro 2008 (52)
    novembro 2008 (72)
    outubro 2008 (75)
    setembro 2008 (76)
    agosto 2008 (76)
    julho 2008 (46)
    junho 2008 (24)
    maio 2008 (8)

    DEUS LO VULT!

    O preceito da hora presente não é lamento, mas ação (…). Pertence aos membros melhores e mais escolhidos da cristandade, penetrados por um entusiasmo de cruzados, reunirem-se em espírito de verdade, de justiça e de amor, ao grito de “Deus o quer”, prontos a servir, a sacrificar-se, como os antigos cruzados.

    – Sua Santidade Pio XII, Radiomensagem de Natal de 1942.

    * * *

    Ut Ecclesiam tuam sanctam regere et conservare digneris,
    R. Te rogamus, audi nos!

    Ut inimicos sanctae Ecclesiae humiliare digneris,
    R. Te rogamus, audi nos!

    Ut omnes errantes ad unitatem Ecclesiae revocare, et infideles universos ad Evangelii lumen perducere digneris,
    R. Te rogamus, audi nos!

    – Litaniae Sanctorum

    Nossa Senhora Aparecida, salvai o Brasil!

    Nossa Senhora Aparecida,
    livrai o Brasil do flagelo do comunismo!
    (Cliquem na imagem para saber mais)

    * * *

    Recordare, Virgo mater, in conspectu Dei, ut loquaris pro nobis bona, et ut avertat indignationem suam a nobis.

    * * *

    MEMORARE, O piissima Virgo Maria, non esse auditum a saeculo, quemquam ad tua currentem praesidia, tua implorantem auxilia, tua petentem suffragia, esse derelictum. Ego tali animatus confidentia, ad te, Virgo Virginum, Mater, curro, ad te venio, coram te gemens peccator assisto. Noli, Mater Verbi, verba mea despicere; sed audi propitia et exaudi. Amen.

    Quem sou eu?

    Jorge Ferraz – Recife/PE
    jorgeferraz@deuslovult.org

    Pecador,
    indigno filho das lágrimas da Virgem Imaculada, do Sangue de Cristo vertido por mim na Cruz do Calvário, e da Santa Igreja Católica Apostólica Romana, em cuja defesa quero viver e morrer.

    * * *

    non nobis Domine non nobis sed nomini tuo da gloriam (Psalmi 113, 9)

    nisi Dominus ædificaverit domum in vanum laboraverunt qui ædificant eam nisi Dominus custodierit civitatem frustra vigilavit qui custodit (Psalmi 126, 1)

    benedictus Dominus Deus meus qui docet manus meas ad prœlium digitos meos ad bellum (Psalmi 143, 1)

    expoliavi me tunica mea quomodo induar illa lavi pedes meos quomodo inquinabo illos (Canticum Canticorum 5, 3)

    Deus lo Vult! no Facebook

    Prêmios e reconhecimentos

    Blogosfera Católica
    Acies Ordinata
    Blog do padre Elílio
    Blogonicvs
    Contra o Aborto
    Direto da Sacristia
    Ecclesia Una
    En Garde!
    Exsurge, Domine!
    Fratres in Unum
    Frei Rojão
    O Catequista
    O Possível e o Extraordinário
    Reflexões de Espiritualidade Franciscana
    Semper Fidelis
    Sentir com a Igreja

    Internacional
    Dossiê: Cardeal Ratzinger e padres pedófilos
    Il Blog di Andrea Tornielli
    James Likoudis’ Page
    Notitiae [latim x inglês]
    Settimo Cielo di Sandro Magister

    Religiões
    Islamidades

    Sites
    ACI Digital
    Brasil sem Aborto
    Catolicismo (Revista Católica)
    Chesterton Brasil
    Círculo Católico de Pernambuco
    Eu quero ajudar!
    IPCO
    Pastoralis

    Utilidades
    Bíblia Católica
    Obras Católicas

    Deus lo Vult! Facebook

    Deus lo Vult! Twitter

    Deus lo Vult! Google Plus

    Deus lo Vult! RSS

    Copyright © 2015 Deus lo Vult! Theme by: Theme Horse Powered by: WordPress

    Back to Top

  • Paulo disse:

    Não há dúvidas que, apesar de estarem na lama, atolaram-se a fundo nas paixões desenfreadas da aberração sodomita, no entanto, admitem o obvio: não cederam ao todo à irracionalidade do “casamento gay”.
    Mesmo assim, o procedimento de ambos conforma-se à mentalidade atual apóstata cristã e afeita às ideologias que prometem três coisas que atraem os incautos via “religião modernista”, sendo que a adesão a ela demonstram o quanto a mente humana está completamente ideologizada no niilismo, pervertida, subvertida e desnaturada: o homem ainda procura por aquilo que pode lhe dar:
    1 – Status,
    2 – Que possa “liberar” seus instintos,
    3 – E que propagam “herdar o paraíso”!
    Aliás, coincidem com as mesmas promessas de uma ideologia totalitarista aliada dos marxistas, envernizada de religião chamada islamismo, o qual apenas não admite o homossexualismo.

  • Henrique César Teixeira Hermógenes disse:

    Só pode ser brincadeira né! Veja bem eu sou a favor da família tradicional porque sei que ela tem um significado maior além de ser somente um casal. A família é formada por um pai e uma mãe e não dois do mesmo papel (duas mães ou dois pais). A família não foi criada pelo Estado, a família é anterior ao estado. Então como é que o Estado pode ter autoridade sobre ela? Se dermos esse tipo de autoridade ao Estado chegará uma hora em que ele tomará controle para tomar decisões que não covém a ele. Por exemplo, a opção pela escolha de qual banheiro usar, mas culino ou femenino, que não é lei, mas é uma recomendação do departamento de Direitos Humanos. Sendo franco, isso faz parte do sexo e não do gênero. Isso é uma brecha para que a imoralidade corra solta (não falo somente de homossexuais), o homem é mal. Sou contra a militância LGBT que acho muitas vezes abusiva, se fazendo de vítima, o que não é mentira, mas sendo um “Neymar” que qualquer coisinha já cai e pede falta. Fica a dica.

  • jose disse:

    Notícia sem noção, como se existisse “negro racista”, “judeu nazista”, “gay homofóbico”… Todos precisando de apoio psicológico.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *