Clube da Luta

Nenhum lutador cearense figura no TOP 15 das nove categorias do UFC

Caio "Monstro" é o cearense em melhor momento; venceu as duas lutas que disputou | Foto: Fco. Fontenele

Caio “Monstro” é o cearense em melhor momento; venceu as duas lutas que disputou | Foto: Fco. Fontenele

O UFC divulgou nesta terça-feira (4) a atualização do ranking peso-por-peso dos lutadores da organização. A grande novidade fica por conta de Renan Barão, que saltou de 6º para o 4º lugar, ultrapassando o peso-médio Chris Weidman e o peso-mosca Demetrious Johnson.

Sábado passado, Barão manteve o cinturão dos pesos-galos do UFC ao vencer, por nocaute, o americano Urijah Faber. O atleta tem sete lutas no Ultimate com sete vitórias.

Barão só está atrás de Jon Jones (o primeiro), José Aldo (o segundo e melhor brasileiro ranqueado) e Cain Velásquez (que fecha o TOP 3 do UFC).

Entre os ’15 melhores do mundo’, mais dois brasileiros: Anderson Silva, em 7º, e Vitor Belfort, em 11º.

O UFC divulgou também o ranking das nove categorias da organização. Nenhuma delas contendo lutadores cearenses no TOP 15. Na penúltima atualização, Diego Brandão aparecia como 12º do pesos-penas, mas após a derrota para Dustin Poirier, no dia 28 de dezembro do ano passado, acabou sindo da lista.

Dos seis cearenses com contrato com o UFC, o lutador que vive melhor momento é Caio Monstro, que vem de uma sequência de duas vitórias seguidas entre os pesos-médios. Rony Jason, Godofredo Pepey, Renée Forte e Thiago Bill vem de derrotas. José Maria ‘Sem Chance’, recenemente dispensado, também vinha de derrota.

Veja os dados do ranking do UFC:

Fonte: UFC

Sair da versão mobile