Clube da Luta

Batalhão cearense: veja os atletas do Estado que podem pintar no TUF Brasil 4

Ao todo, serão 32 vagas, sendo 16 em cada categoria. Foto: UFC/Divulgação

Ao todo, serão 32 vagas, sendo 16 em cada categoria. Foto: UFC/Divulgação

Uma tropa de respeito em busca da realização do sonho de chegar no UFC. É o que Ceará vai mandar para as seletivas do The Ultimate Fighter (TUF) Brasil 4, que acontecem no próximo domingo, no Hotel Windsor Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Nas duas categorias do processo seletivo, peso-leve (até 70kg) e peso-galo (até 61 kg), o Ceará está muito bem representado e tem grandes chances de contar com representantes na próxima temporada do reality show.

+ Entrevista: Minotouro comenta possibilidade de ser um dos treinadores do TUF Brasil 4 com Maurício Shogun

Avaliando o momento, o cartel, as habilidades, a experiência e o potencial, a equipe blog Clube da Luta aponta alguns dos nomes que despontam como fortes candidatos a ingressar na casa mais cobiçada entre os lutadores de MMA no Brasil.

PESO-LEVE

As maiores chances dos cearenses no TUF Brasil 4 está na categoria dos leves, onde o Estado tem bons representantes que brigarão firme por uma vaga. Caso de Andrezinho Nogueira, campeão do Bitetti Combat e detentor de um dos cinturões do Brazilian King Fighter (BKF). O Fera da Team Nogueira vem embalado de uma sequência de três importantes vitórias.

+ UFC Rio promete: José Aldo e Chad Mendes fazem duelo cercado por rivalidade

Outro nome bem cotado é o de Mario ‘Pimba’ Schembri, que vive um dos melhores momentos de sua carreira e está em alta, com seis vitórias consecutivas. Outros dois parceiros de treino de Pimba, na academia Nova União, também aparecem com boas chances na categoria: Jamil Silveira e Leandro Naja. Ambos, além de habilidosos na luta de em pé e de solo, são bem experientes e possuem mais de 28 lutas no cartel.

Outra fera, que também vive grande fase, e pode figurar no TUF Brasil, é Danilo Mota. Com apenas 21 anos, o peso-leve da Team Nogueira ostenta dois cinturões em sua curta carreira, o últimos deles conquistado em agosto, quando finalizou Frank Santos e se tornou campeão do Limo Fight Championship, um dos mais prestigiados eventos de MMA do Nordeste.

A lista das promessas entre os leves, montada pelo blog, também contempla outros dois nomes promissores: Arlen Benks, da equipe V8, e Diego Espartano, da GC Pepey/New Level. Além do potencial que possuem, apresentam grande forma física e boa fase técnica.

PESO-GALO

Entre os galos, uma das grandes esperanças cearenses para o TUF Brasil 4 é o promissor Alan Gomes, da Team Nogueira. Cria do projeto Social Luta pela Vida, Alan tem apenas 20 anos e um cartel de 7 lutas sem derrotas (6 vitórias e um empate). Alan vem de duas vitórias no Bitetti Combat, importante evento do circuito brasileiro de MMA.

Outro cearense fortemente cotado no peso 61kg é Michael William. Faixa-preta da Nova União, ‘Maiquim’ possui um estilo de jogo completo no chão e em pé, além de ter experiência em eventos nacionais, como o Shooto.

Parceiro de treino de Michael William, Thiago Maia é outro que vai com tudo em busca de uma chance de ingressar no UFC. Experiente, Tiaguinho tem um jogo de chão impecável e pode surpreender. Outra aposta entre os galos é o experiente Cojak Matias. Veterano da equipe V8, Cojack é especialista na luta agarrada e trabalha muito bem as quedas.

Estão em jogo 32 vagas na casa, sendo 16 em cada categoria. Os dois treinadores da 4ª temporada do TUF Brasil 4 ainda não foram divulgados. Mas especula-se que seriam Rogério Minotouro e Maurício Shogun.

O  Ceará tem história no reality show. Até hoje, 4 lutadores nascidos no Estado participaram do TUF: Diego Brandão, Rony Jason, Godofredo Pepey e Renée Forte. Brandão e Jason se sagraram campeões em suas categorias. Pepey foi vice-campeão. Renée chegou até as quartas-de-final.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *