Clube da Luta

Coluna Clube da Luta: Tróia FC promete agitar o MMA cearense; veja quem enfrenta quem

Banner com os principais atletas do Tróia FC. Foto: Divulgação

Banner com os principais atletas do Tróia FC. Foto: Divulgação

VEM AÍ O TROIA FC

Nos últimos anos, o protagonismo dos eventos de MMA no Ceará ficou dividido entre o Brazilian King Fighter (BKF), o Action Fight e o Limo Fight Championship (LFC). O trio agora ganha a companhia de uma nova organização, que chega ao circuito cearense de artes marciais cercada de grande expectativa pelo card que vem formando. Trata-se do Troia MMA FC, que tem à frente o empresário Bruno Feitosa, da Zapper Entretenimento. Entre as atrações, dois ex-lutadores do UFC: o carioca Luiz Besouro, que enfrenta o cearense Danilo Mota pelo cinturão dos meio-médios; e o baiano Lázaro Bidu, que encara Iamik Furtado, africano radicado em Fortaleza, pelo título dos pesos-leves. Outra grande luta da noite é Jamil Silveira x Amaury Júnior, campeão do LFC e do NFC, valendo o cinturão dos pesos-penas. Outros duelos fechados são: Gessy Barbosa x Ítalo Gonçalves, Pedro Rodrigues x Marcelo Koringa, Wolverine X Hermeson Negão, Diego Souza X Junior Pitbull e Fabrício Andrade x Jowiban Pitao. O fã de MMA já pode se programar: o evento está confirmado para o dia 22 de outubro, em Fortaleza.

GLORY!

Os cearenses Ricardo Koreano e João Victor JV lutam neste sábado no Road To Glory Brasil, em São José dos Pinhais-PR. Vale vaga na maior organização de kickboxing do mundo

Revanche no UFC 202

Sem defender o cinturão dos pesos-penas desde dezembro do ano passado, o falastrão Irlandês Conor McGregor faz amanhã sua segunda luta seguida nos meio-médios (duas acima de sua categoria de origem) e sem disputa de título, contra o americano Nate Diaz, que já o derrotou em março deste ano. Em clima de revanche, eles fazem a luta principal do UFC 202, em Las Vegas, que vai rolar a partir das 19h30min. José Aldo assistirá a tudo de camarote. Vale ficar ligado também na co-luta principal, entre o brasileiro Glover Teixeira e o perigoso Anthony Johnson. O americano é favorito, mas Glover tem experiência e recursos de sobra para vencê-lo. Se conseguir, deve receber chance de disputar o título dos meio-pesados do Ultimate.

*Reprodução do texto da coluna Clube da Luta publicada no jornal O POVO desta sexta-feira, 19 de agosto. 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *