Clube da Luta

UFC 221: brasileiro Jussier Formiga tem atuação arrasadora e pede luta por cinturão

Momento em que Jussier aplicou a finalização. Foto: UFC/Divulgação

Único representante brasileiro no UFC 221, Jussier Formiga brilhou na edição do Ultimate realizada na noite deste sábado (10), em Perth, na Austrália, ao bater por finalização o americano naturalizado australiano Ben Nguyen.

Após dois rounds movimentados e equilibrados, o lutador potiguar ‘tirou um coelho da cartola’ para liquidar a fatura. Após receber defender um chute alto, Jussier aplicou um soco rodado potente, que levou ao solo. Por cima, o brasileiro pressionou com alguns socos, mas logo laçou o pescoço de Nguyen e ajustou um mata-leão. O gringo não bateu, acabou ‘apagando’ e o árbitro interrompeu o combate, decretando a finalização.

Com uma atuação de gala, Jussier foi coroado com o prêmio de Performance da Noite no evento. E, depois da vitória (a segunda consecutiva), pediu luta pelo cinturão dos pesos-moscas do UFC.

“Trabalhei a minha vida toda para isso, estou no UFC há seis anos, são seis anos de Top 5. Venho de duas boas vitórias e acho que mereço minha chance. Dana White, quero minha chance”, declarou o brasileiro.

ROMERO VENCE, MAS NÃO LEVA O CINTURÃO

Romero celebrando o triunfo, após o nocaute. Foto: UFC/Divulgação

Na luta principal do UFC 221, Yoel Romero e Luke Rockhold protagonizaram um duelo que valeria o cinturão interino do peso-médio do UFC. Mas como Romero não bateu o peso na pesagem, apenas Rockhold levaria o título pra casa, em caso de vitória. E foi o que não aconteceu.

Melhor no combate desde o início, Yoel Romero pressionou o americano até acertou uma bomba no adversário, que ficou combalido no chão. O cubano foi pra cima, acertou mais um soco e confirmou a vitória por nocaute.

Confira todos os resultados do UFC 221:

Yoel Romero venceu Luke Rockhold por nocaute aos 1m48s do 3º round;
Curtis Blaydes venceu Mark Hunt por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-27);
Tai Tuivasa venceu Cyril Asker por nocaute técnico aos 2m18s do 1º round;
Jake Matthews venceu Li Jingliang por decisão unânime (29-28, 30-26, 30-26);
Tyson Pedro venceu Saparbek Safarov por finalização (kimura) aos 3m54s do 1º round;
Dong Hyun Kim venceu Damien Brown por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28);
Israel Adesanya venceu Rob Wilkinson por nocaute técnico aos 3m37s do 2º round;
Alexander Volkanovski venceu Jeremy Kennedy por nocaute técnico aos 4m57s do 2º round;
Jussier Formiga venceu Ben Nguyen por finalização (mata-leão) a 1m43s do do 3º round;
Ross Pearson venceu Mizuto Hirota por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);
Jose Quinonez venceu Teruto Ishihara por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28);
Luke Jumeau venceu Daichi Abe por decisão unânime (29-28, 29-27, 28-27).

Recomendado para você