Clube da Luta

VÍDEO: assista ao nocaute de Thiago Marreta sobre Eryk Anders na luta principal do UFC São Paulo

Marreta mostrou o estilo agressivo de sempre e nocauteou o adversário. Foto: UFC/Divulgação

Protagonista da luta principal do UFC São Paulo, Thiago Marreta não decepcionou os fãs de MMA que foram ao ginásio do Ibirapuera, neste sábado (22), assistir ao UFC São Paulo. Em combate válido pela categoria meio-pesado, de intensa trocação de golpes em pé, o lutador carioca não deu chances para o americano Eryk Anders e liquidou a fatura com um nocaute técnico ao final do 3º round.

A sequência vitoriosa do brasileiro, como não poderia deixar de ser, teve sua marca registrada: as marretadas. Além disso, conectou também joelhada na linha de cintura e potentes cotoveladas no rosto do adversário que, sucumbiu ao soar da buzina do 3º round. Combalido e desvastado com o castigo de Marreta, Anders não teve forças para se levantar mesmo com a ajuda de sua equipe e o juiz foi obrigado a decretar o fim da luta, visando preservar a integridade do atleta, que não tinha mais condições de seguir na luta.

Veja como foi:

Confira todos os resultados do UFC São Paulo:
Thiago Marreta venceu Eryk Anders por nocaute técnico ao final do 3º round;

Alex Cowboy venceu Carlo Pedersoli por nocaute aos 39s do 1º round;

Andre Ewell venceu Renan Barão por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Randa Markos e Marina Rodriguez teve decisão de empate majoritário (29-28, 28-28, 28-28);

Charles do Bronx venceu Christos Giagos por finalização (mata-leão) aos 3m22s do 2º round;

Francisco Massaranduba venceu Evan Dunham por nocaute aos 4m10s do 2º round;

Ryan Spann venceu Luis Henrique por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Augusto Sakai venceu Chase Sherman por nocaute técnico aos 4m03s do 3º round;

Serginho Moraes venceu Ben Saunders por finalização (katagatame) aos 4m42s do 2º round;

Mayra Bueno Silva venceu Gillian Robertson por finalização (chave de braço) aos 4m55s do 1º round;

Thales Leites venceu Hector Lombard por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Elizeu Zaleski dos Santos venceu Luigi Vendramini por nocaute a 1m20s do 2º round;

Livinha Souza venceu Alex Chambers por finalização (guilhotina) a 1m21s do 1º round.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *