Discografia

No bailão de Marcelo e Resende

1053 1

Ainda pouco conhecidos do público cearense, a dupla Marcelo e Resende deu entrevista, por email, ao blog DISCOGRAFIA para falar sobre os 13 anos de carreira, trabalho e o novo sucesso que a dupla, Lua nova, baseado no livro de Stephenie Meyer. Quem quiser conhecer mais sobre os sertanejos, eles tem um site completinho com vídeos, discografia e muitas histórias.

Confira a entrevista:

Discografia – A dupla Marcelo e Resende está completando 13 anos de carreira. Queria que vocês lembrassem como era a vida de vocês antes de formar a dupla.
 
Marcelo – Eu cantava sozinho, mas sempre achando que faltava algo. Ouvindo tantas duplas fazendo tanto sucesso só alimentou minha certeza. Foi quando pensei em formar parceria com outro cantor. Por coincidência, nessa mesma fase apareceu o Resende em um restaurante que eu estava cantando. Ele me chamou para conversar e me fez o convite para cantar em parceria com ele e estamos juntos até hoje.
 
Resende – Ao contrário do Marcelo, eu sempre cantei em dupla. Não muito satisfeito com o trabalho unido ao meu parceiro, acabei rompendo. Fiquei sozinho por uns tempos e logo depois encontrei o Marcelo. Gostei muito da sua voz e houve de imediato uma simpatia entre nós e aqui estamos até hoje em perfeita harmonia musical.
 
Discografia –Como começou o interesse de vocês pela música
 
Marcelo – Sempre gostei de cantar. Meu pai tocava violão em companhia dos amigos e me lembro que, quando criança, memorizava rapidamente qualquer música que ouvia e cantarolava o dia inteiro. Quando possível, cantava junto com meu pai e essa paixão foi crescendo junto com a idade. Quando me senti confiante comecei a cantar em bares ou pequenas festas, tentava imitar alguém de sucesso para que houvesse interesse das pessoas em me ouvir, desta forma fui preparando minha voz e criando identidade própria. Não foi um caminho fácil, mas consegui alcançar o tão almejado sonho e cantar para grandes públicos como está sendo hoje em minha carreira.
 
Resende – Minha paixão pela música começou no meu trabalho. Desde muito jovem trabalhei em um restaurante em São Bernardo do Campo. Ali se apresentavam vários artistas e muitos deles hoje são grandes nomes. Comecei a perceber que além de gostar muito de ouvi-los também gostava de cantar e comecei a treinar minha voz. Tive o apoio de muitos colegas e principalmente de cantores já consagrados. Logo comecei a cantar em público e essa paixão pela música foi crescendo cada vez mais.  Hoje acredito ter conquistado o meu espaço no meio musical de maneira consciente e madura e me sinto no auge da minha carreira, tenho muito orgulho da minha trajetória mesmo sendo difícil meu caminho até aqui.
 
Discografia – Como aconteceu o encontro de vocês dois?
 
Foi algo inesperado, mas com resultado de uma parceria que promete durar muito tempo. Ficamos felizes de nos encontrarmos no momento em que nós dois tínhamos o desejo de ter ao lado o parceiro ideal, amigo e companheiro, como somos até hoje.
 
Discografia – Qual foi o momento mais marcante desses 13 anos?
 
Sem nenhuma dúvida foi quando fizemos nosso primeiro DVD unido à alegria de ter encontrado nossos empresários João Maria e Angelina Martone.
 
Discografia – O estilo sertanejo mudou muito nos anos 90 para cá, se aproximando muito do country americano. Como vocês vêem esse gênero agora?
 
A música sertaneja teve que se adequar ao público atual, seja o country americano ou até mesmo algumas com pitadas de rock. Essa adequação pode não ter sido feita de maneira sutil, mas não deixa de lado a nossa real raiz sertaneja, que fazemos questão de incluir em nosso repertório musical.
 
Discografia – Quem são os ídolos de vocês na música?
 
É muito difícil dizer, gostamos de muitas duplas, cada qual com seu perfil, admiramos as nuances musicais que são incluídas no repertório de diferentes artistas. Desta forma, não é gerado confronto e acaba tendo espaço para muitos, já que temos sobrecarga de muitos artistas com muito talento em nosso meio musical.
 
Discografia – Queria que vocês falassem um pouco das composições de vocês.
 
Nossas composições são feitas naturalmente. As vezes estamos viajando e de repente surge uma canção, imediatamente colocamos no papel. Outras são feitas em parceria com a nossa empresária Angelina.  Estamos sempre inovando e atualizando nosso repertório. Tentamos levar para nosso público algo que de certa forma se identifica com ele. Nossas músicas são ecléticas e atingem a maioria com muita qualidade.
 
Discografia – Como nasceu a canção Lua Nova? De quem foi a idéia? Vocês vêm acompanhando essas publicações e filmes sobre vampiros?
 
Nosso empresário João deu a idéia, procuramos aprofundar no enredo do filme e em pouco tempo a música estava pronta. Gravamos em nosso estúdio, foi aprovada e passamos para todas rádios do Brasil com aceitação imediata dos fãs  ouvintes.

>> Veja mais: http://www.marceloeresende.net/

1 comentário

  • Ju disse:

    Uma das melhores duplas que eu já vi ao vivo. O show desses meninos é perfeito e, essa música nova, dispensa comentários…

    Muito sucesso.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.