Discografia

Projeto sarau alinha sete novos nomes da MPB

Apresentado pela gravadora Universal, o projeto Sarau chega às lojas apadrinhando sete nomes até então desconhecidos do grande público. Com o subtítulo “novos talentos da MPB”, o trabalho lançado em CD e DVD reune 13 faixas compostas e cantadas por Taís Alvarenga, Daniel Chaudon, João Guarizo, Gugu Peixoto, Toni Ferreira, Aureo Gandur e Fred Sommer, todos nomes da noite paulista e carioca. Apesar da lista de nomes, as 13 faixas seguem um fluxo linear de intenções e puxam para uma composição menos arriscada. Mesmo cativantes num primeiro momento, o disco pode ficar a dever naqueles que buscam um pouco mais de ousadia. Ainda assim, alguns momentos se sobressaem, como Jogador, da dupla Aureo Gandur e Fred Sommer, e Sai de casa, de Taís Alvarenga. No encerramento, a mantrica Meus amigos é uma espécie de celebração coletiva seguindo um modelo “a banda mais bonita da cidade”. Aproveitando a exposição, Daniel Chaudon lança o solo Me conta uma música, também produzido pela Universal com direção de Clemente Magalhães. Seguindo na mesma pegada do Sarau, o brasiliense mostra 10 composições próprias (incluindo parcerias diversas) e quatro interpretações. Entre elas, Borbulhas de amor, de Juan Luis Guerra e Ferreira Gullar que fez sucesso com o cearense Fagner em 1991. Para seu solo, Daniel ainda convidou Maria Gadu para dividir os vocais da trágica Luzia, parceria dele com Felipe Pinaud e Alinne Moraes. Já a bossinha O samba de nós dois, composição de João Falcão e Diogo Oliveira, é um dueto com Mart’nália. A iniciativa de apresentar novos nomes é sempre importante e faz nossa música andar, mas um pouco de risco também não faz mal a ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.