Discografia

Para ouvir de graça

1146453_3438111808510_1854069884_nAo longo de 2013, o consumo de música pela internet dobrou no Reino Unido e hoje ele representa algo em torno de 10% da receita da indústria musical. Esses dados foram tirados de um estudo realizado pela Indústria Fonográfica Britânica junto com a The Official Charts Company, empresa que elabora listas oficiais com os álbuns e singles mais vendidos no país. Segundo o estudo, 7,4 bilhões de músicas foram escutadas via streaming (transmissão de dados on line, sem precisar baixar para o computador), o dobro das 3,7 bilhões escutadas em 2012.

O aumento dos consumidores dos serviços de streaming acontece ao passo que caem as vendas de discos físicos. Ainda segundo o estudo, foram vendidos 60,6 milhões de CDs em 2013, 13% a menos que no ano anterior. Já as vendas de LPs dobraram o ano passado, mas representam apenas 0,8% dos álbuns vendidos no mercado. Segundo o relatório da ABPD (Associação Brasileira de Produtores de Disco) divulgado em abril deste ano, o Brasil segue a tendência na queda do mercado físico (15,5% em 2013) e de crescimento no digital (22,39% no mesmo período).

Diante desses números, crescem os sites e redes sociais voltados para os consumidores de música. Muitos artistas entraram na onda e disponibilizam seus trabalhos gratuitamente para que o público possa ouvir ou baixar. Já virou moda, inclusive, oferecer com capa e encarte completo. Em outros locais da rede, é possível montar a trilha sonora do dia das mais diversas formas: através de vídeos, de acordo com o humor do ouvinte ou ainda descobrindo novos compositores. Para ajudar os leitores a se localizarem em meio a uma variedade tão grande de serviços, segue uma lista com sites que oferecem música gratuitamente na rede. Por streaming ou download, com artistas novos ou consagrados, vale acessar e escolher aquele que melhor se adequa aos seus ouvidos.

Serviço:
1 – Musicoteca
Criado em 2003, a Musicoteca é um espaço para troca de informações sobre a nova produção musical brasileira. Todo o conteúdo é disponibilizado pelos artistas e podem ser baixados rápido, fácil e gratuitamente. O site também reúne artistas e promove tributos, como os feitos para Antônio Marcos e Los Hermanos.

2 – Grooveshark
Seja pelo nome do artista, da música ou do disco, é fácil localizar o que se quer no Grooveshark. Com um bom acervo nacional e internacional de vários estilos, tudo está disponível gratuitamente. Basta fazer um rápido cadastro, que pode ser com as contas do Twitter ou Facebook. E tudo em português.

3 – Youtube
Mesmo não sendo exclusivo da música, o Youtube é um dos sites mais acessados para quem quer ouvir uma faixa ou até discos inteiros. O serviço de compartilhamento de vídeos permite ainda a divulgação de novos clipes bem como de shows inteiros. Sim, muitos vídeos antigos, como os festivais de música, também estão disponíveis.

4 – Myspace
Uma das mais conhecidas redes de relacionamentos, mas voltada para o público da música. Diferentes de outros sites, só é possível ter acesso ao conteúdo disponibilizado no Myspace pelos próprios artistas. Ainda assim, apesar da navegação confusa, é um bom lugar para conhecer novos artistas.

5 – Rádio UOL
Um dos primeiros serviços de música via streaming da web, a Rádio Uol combina informação com um bom acervo. A utilização é fácil e permite criar as próprias playlists. Efetuando o cadastro gratuito, é possível salvar a seleção de músicas. Mas, sem o cadastro, também é possível navegar no acervo.

6 – Jango
Com um visual bastante simples, o usuário digita uma palavra-chave e o Jango localiza os arquivos. Ele ainda apresenta músicas relacionadas ao que foi pedido. O site também oferece rádios dedicadas aos artistas mais populares e permite a troca de playlists entre os usuários.

7 – The 61
Logo que se acessa o thesixtyone, uma música começa a tocar. A seleção aleatória vem do acervo oferecido pelos próprios artistas. Mas também é possível escolher um estilo de acordo o seu humor. O site oferece opções como “louco”, “triste”, “feliz” e “melancólico”. Todo em inglês.

8 – Musicovery
Para aqueles momentos em que o ouvinte quer ser surpreendido, o Musicovery sugere as músicas a partir dos gêneros escolhidos. São 18 opções oferecidas, como reggae, jazz, pop ou latino. Se quiser filtrar a seleção, basta afinar com o seu humor num quadro que à esquerda da tela.

9 – Stereomood
Música de acordo com o seu humor: esse é o ponto principal do Stereomood. São mais de 100 playlists que combinam com emoções do tipo “cozinhando”, “triste”, “acordando”, “relaxando” ou “perdido na Jamaica”. As listas são montadas quando os usuários opinam sobre as músicas e sugerem novas etiquetas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.