Discografia

Duo Gisbranco faz dois shows gratuitos no CCBNB

219 1

Era 1985 quando Egberto Gismonti lançou um disco somente com obras de Heitor Villa-Lobos. Até segunda ordem, não há novidade em um tributo a um dos mais importantes maestros brasileiros. No entanto, sendo Gismonti também um gigante da música, seu trabalho deveria ter um peso a mais. E teve. Trem Caipira trouxe oito faixas interpretadas por instrumentos acústicos e mais de 10 tipos diferentes de sintetizadores comandados pelo fluminense nascido na pequena Carmo.

Também foi esse disco que registrou a primeira parceria de Gismonti com o violoncelista Jacques Morelembaum. Décadas depois, Morelembaum reprisou o encontro com o amigo, dessa vez através da filha, Bianca Gismonti. Ela e Claudia Castelo Branco integram o Duo Gisbranco, e ambas convidaram o músico para um projeto de curta temporada interpretando apenas Gismonti e Villa-Lobos. A ideia acabou dando mais certo que o esperado e o show Egberto encontra Villa segue viajando desde que nasceu, há dois anos. A vez de Fortaleza conferir o trio ao vivo chega este fim de semana, com duas apresentações gratuitas no Centro Cultural BNB.

Com cerca de 15 anos tocando juntas, Bianca e Cláudia começaram o Duo Gisbranco quando faziam bacharelado em piano na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Aproveitando qualquer momento das aulas ou entre elas, foram criando arranjos e intimidade artística. Assim nasceu um incomum duo de pianos, que trafega entre temas populares e eruditos. “Começou de uma forma não pensada. As pessoas estimularam e, quando fomos ver, já tinha um repertório inteiro. Nos últimos anos temos recebido emails de pessoas que formaram duos de piano”, explica Bianca com a segurança de quem encontrou seu lugar na música.

E esse lugar conquistado para o Duo Gisbranco vai do Brasil ao exterior, onde o sobrenome Gismonti goza de muito respeito. Ao longo de 12 anos de trabalho profissional (antes elas se apresentavam só na universidade), elas lançaram um DVD e dois discos, e já estão com mais um quase finalizado. “Esse ano lançamos o terceiro, que é todo de canções feitas com o Chico César”, revela Bianca adiantando também que o trabalho terá participações de Mônica Salmaso, Maria João Grancha, Sérgio Santos, André Mehmari e outros.

Ainda sem registro oficial, o show Egberto encontra Villa reúne peças como Alma Brasileira, Bachianas N°4, Forrobodó e Sete Aneis. “Tenho uma relação grande com o Jacques, por que ele trabalhou por muito tempo com o pai. Também dei aulas de piano para a filha dele”, comenta Bianca, entusiasmada com a chance de trazer o show para Fortaleza. Sendo ela filha de natalense e Claudia Castelo Branco filha de maranhense, a relação com o Nordeste já vem no sangue. “Desde que a gente tocava com piano elétrico, adoro vir ao Nordeste. É um público muito carinhoso”.

Serviço:
Show Egberto encontra Villa
Quando: hoje, 7, e amanhã, 8, às 19 horas
Onde: CCBNB Fortaleza (Rua Conde d’Eu, 560 – Centro)
Gratuito
Telefone: 3262 5011

1 comentário

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.