Discografia

Novo disco de Ricardo Bacelar disponível a partir de hoje para streaming

A partir desta sexta-feira, 23, está disponível nas plataformas digitais o novo disco do pianista cearense Ricardo Bacelar. Brasileiro com olhar internacional, Sebastiana traz no título uma homenagem à mais famosa canção de Rosil Cavalcanti. O convite para “a cumade Sebastiana dançar um xaxado lá na Paraíba” tornou-se sucesso na voz de Jackson do Pandeiro (1919-1982).

E o próprio Jackson é um dos convidados de Sebastiana, através de antigos registros cedidos pela família do paraibano. A presença do “rei do ritmo” faz todo o sentido no conceito do terceiro disco de Ricardo Bacelar. Gravado e mixado em Miami, e produzido pelo premiado Cesar Lemos, o álbum faz uma releitura de ritmos latinos através de um encontro variado de sotaques. Tem músico chileno, cubano, venezuelano, norte-americano, peruano e colombiano.

“Tem uma tônica muito forte que é a reunião de muitos músicos tocando música brasileira. Há uma conotação diferente por que tem um tempero dos latinos”, adianta Bacelar que mergulhou numa pesquisa de ritmos latinos que cruzou continentes até chegar à África, berço de muitos desses sons. Com 15 músicas, Sebastiana traz composições próprias ao lado de releituras de Luiz Gonzaga (A volta da Asa Branca), Heitor Villa-Lobos (Oh mana deixa eu ir), Gilberto Gil (Menina Baiana) e Milton Nascimento (Nada Será como Antes, em versão em inglês).

Voltado principalmente para o mercado internacional, Sebastiana será lançado também – em CD e LP – no Brasil, Japão, Europa, EUA e América Latina. Um encarte traz informações sobre os ritmos, músicos e instrumentos usados no álbum como o charango e o bandoneon. Dividido entre a música e o fim de um mestrado em Direitos Autorais, o também advogado ainda não tem shows marcados para apresentar o novo disco. “A música é uma necessidade de vida mesmo. E esse é um trabalho de pesquisa e uma ode à música brasileira”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.