Discografia

Orquestra de Câmara Heitor Villa-Lobos faz homenagem aos Titãs

Foto: divulgação

O Theatro José de Alencar vai ser palco de mais uma edição do projeto Clássicos da Nossa História, da Orquestra de Câmara Heitor Villa-Lobos. O concerto Titãs Acústico, em parceria com a Verminosos Band Rock, acontece nesta sexta-feira, 13, às 19h, e homenageia uma das maiores bandas da história do rock nacional. Os ingressos estarão a venda na bilheteria do local e custam R$ 10 + 1kg de alimento não perecível. Todos os mantimentos arreceados serão destinados ao Lar Amigos de Jesus, que desenvolve trabalho de assistência a crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer. A programação celebra o Dia Mundial do Rock

Nascida da vontade de transformar realidades a Orquestra Heitor Villa-Lobos tem a regência do jovem maestro Leonardo Sidney em parceria com o violinista Leonardo Ferreira. O projeto, segundo Sidney, é resultado da sua própria vivência com a música e os processos que teve de enfrentar para estuda-la. “Eu tive muita dificuldade pra estudar música. Pois, em geral, aulas são extremamente caras. Nessa trajetória, tive oportunidades em conservatórios de música e também em projetos sociais. No entanto, o local mais significativo para minha carreira foi no projeto Orquestra Escola desenvolvido pelo Sesi da Barra do Ceará”, conta Sidney em entrevista ao DISCOGRAFIA.

Foto: divulgação

Os ensaios são voltados para crianças, jovens e adultos e acontecem no bairro da Jurema, em Caucaia. O objetivo é difundir a cultura e permitir que todos tenham acesso à música. “Tenho alunos de todas as idades. Tem uns novinhos que tocarão no dia 13 conosco que nunca entraram no teatro porque a família pensava e educava os meninos dizendo ‘isso é local de gente rica’”, comenta Sidney ao reforçar que o benefício da orquestra vai além dos alunos. “Às vezes as famílias pensam que o universo da cultura não pertence a eles. É muito bom ver o sorriso deles vendo os filhos nos palcos”, completa.

Apesar das dificuldades para manter a orquestra funcionando, Sidney não perde as esperanças. “Passaram por mim mais de 150 pessoas. E nesse projeto desenvolvido por mim com o Leonardo Ferreira, não recebemos ajuda de absolutamente ninguém”, frisa. De acordo com o maestro, as dificuldades vão desde pagar o aluguel para os ensaios até em conseguir os instrumentos. “Eu fui pouco a pouco comprando alguns instrumentos que empresto aos alunos. Já recebemos dois instrumentos de doação também”, comenta o jovem. “Em nossos concertos geralmente cobramos um livro ou 1 kg de alimento como ingresso. Já ajudamos o IPrede, o Lar Amigos de Jesus, Instituto Peter Pan, Lar Torres de Melo”, salienta.

Foto: divulgação

Para o concerto desta sexta-feira 35 pessoas estarão em cena, entre alunos e profissionais. A apresentação contará também com a participação do saxofonista José Irailson Barros Filho, de Paracuru, e do flautista Yago Nascimento, de Aracoiaba. Além da banda cover dos Titãs, Verminosos Band Rock. “A parceria com a Verminosos já é um desejo antigo”, comenta Sidney. “Convidei o Alysson, um dos integrantes da banda, para assistir um concerto nosso. E, na ocasião, faltou luz e nós tocamos com a luz dos celulares das pessoas. Foi um momento muito bonito. E, a partir daí, nasceu essa aproximação”, lembra Sidney. A Verminosos Band Rock – formada por Gui Rodrigues (guitarra e voz), Alysson Araújo (voz), Jorge Junior (baixo), Marcos Anto (guitarra) e Luís Cláudio (bateria) – é um dos principais covers da banda Titãs na Capital.

Titãs Acústico promete releituras do álbum Acústico MTV dos Titãs, lançado em 1997. O disco, gravado no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, traz clássicos da banda como Comida, Flores, Marvin e Os Cegos do Castelo. “A experiência para mim foi muito interessante. A nossa orquestra valoriza a cultura brasileira e a banda Titãs é considerada como a maior banda de rock brasileira”, ressalta Sidney. “Unimos a ideia ao projeto Clássicos da Nossa História e planejamos o concerto”.

A Orquestra de Câmara Heitor Villa-Lobos já fez releituras e homenagens a nomes como Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Reginaldo Rossi, Humberto Teixeira e Roberto Carlos. “Não fechamos em um único estilo musical. Já tocamos até Anitta e Pabllo Vittar”, brinca Sidney. Ainda sobre a noite de sexta-feira, Sidney garante que será de belas surpresas. “Vai ser algo verdadeiramente inédito. Nosso concerto contará com arranjos próprios e será muito bacana”, finaliza.

SERVIÇO
Quando: sexta-feira, 13 de julho, às 19h
Onde: Teatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525 – Centro)
Quanto: R$10 + 1kg de alimento não perecível
Classificação: Livre

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.