Discografia

Conheça o som da banda cearense Nuuvem

Foto: Isabella Freire

Com referências que passeiam entre o rock noventista do Nirvana e o som das bandas que fizeram nome no cenário alternativo daquela década, um novo grupo desaponta no cenário underground de Fortaleza, a Nuuvem. Formada pelos cearenses João Victor “Kbça”, Pedro El Doca, Lucas “Lupita”, Isaac Maia e Bruno Lucas, o quinteto traz na bagagem um EP  de estreia  autointitulado – já disponível nas plataformas de streaming – com canções em inglês, português e uma faixa instrumental. A banda se apresenta quarta-feira, 18, no Boozer’s Pub. 

O processo de composição das cinco faixas autorais, uma delas instrumental, rompeu fronteiras e tem influência portuguesa resultado de uma viagem do vocalista do grupo, Kbça, ex-integrante da banda Capitão Eu e Os Piratas Vingativos, a Portugal. “Tudo começou há mais ou menos um ano, ainda no Brasil”, conta Kbça em entrevista ao DISCOGRAFIA. “Eu  e Pedro começamos as gravação de algumas demos. Logo depois, eu fui para Lisboa e lá fiz mais uma músicas e gravei novas demos. Mandei para os meninos aqui, Bruno e Doquinha (Pedro El Doca), e fomos ajustados. Depois que eu voltei, agregamos o Isaac e o Lupita e continuamos a produção. Estamos produzindo até hoje”, explica o vocalista. 

Foto: Isabella Freire

Apesar do pouco tempo de estrada da banda, os membros já são figurinhas conhecidas no cenário local. Bruno trabalha com música tem três anos, desde 2015. A experiência começou no Estúdio Casarão 77. Kbça tem mais ou menos o mesmo tempo de estrada. “Eu comecei em 2014 ou 2015. Mas ganhar dinheiro mesmo a gente nunca ganhou não”, brinca o vocalista. Isaac, que está no meio desde 2016, é o caçula do grupo. “Eu nunca trabalhei com música. Mais, tenho um lance sério tem uns dois anos”, explica o baixista. Já Lupita tem um disco gravado com a banda Forria e agora traz sua vivência para a Nuuvem.

O EP de estreia é composto por Intro, Drama, Home, Bicho e Echo Room. O trabalho foi gravado em janeiro deste ano, em Fortaleza e Aquiraz, e traz músicas em inglês e português. “As composições passam por dois idiomas por causa das influências que a gente escuta. A gente também não quer se limitar a uma coisa só, por isso a faixa instrumental. Tentemos agregar ao som tudo aquilo que podemos. É música”, reforça Kbça. Na noite desta quarta-feira, o grupo apresenta ao público mais três faixas:  Inquietação, Pra Viagem de Longa e Fü BONORO.

Já sobre as expectativas de lançar trabalho autoral em Fortaleza, Bruno assume que a banda sabe das dificuldades. Porém, acredita que é possível sim colher bons frutos. “Não é fácil trabalhar com música autoral aqui no Ceará. São poucas casas e lugares que de fato investem nisso e dão algum apoio. É mais no esquema faça você mesmo. Porém, é fértil. As coisas fluem”, comenta. E é nisso que a Nuuvem aposta para o futuro. “A gente está sempre trabalhando e produzindo. Estamos pensando em novos EPs. Além shows para este e o próximo semestre. Estamos produzindo”, finaliza Kbça.

Show da banda Nuuvem + DJ Dado
Quando: Quarta-feira, dia 18, a partir das 19 horas
Onde: Boozer’s Pub (Rua Carlos Vasconcelos, 834 – Meireles, Fortaleza)
Couvert artístico: R$ 12

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.