Discografia

Orquestra Popular do Nordeste faz concerto gratuito em homenagem a Tarcísio Sardinha

Foto: divulgação

Muito mais que uma bandeira a ser levantada, a música instrumental cearense vem crescendo de forma progressiva. Esse crescimento se deve a músicos de uma geração ávida e comprometida com a arte, bem como com tudo o que esta representa. Uma dessas pessoas é Pedro Madeira, 29, que iniciou seus estudos na Agua (Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga), onde coordenava o projeto Acordes Terra do Sol. Inspirado pelo projeto, passou a desenvolver sua técnica violonística que vem sendo apurada desde seus 15 anos. Pedro representa a linha de frente de uma juventude focada na criação e na difusão da música instrumental cearense.

Bacharel em composição pela Universidade Estadual do Ceará, Pedro idealizou e desenvolveu um projeto ousado e visionário batizado como Orquestra Popular do Nordeste. Fundada em 2014, ele está à frente do grupo como coordenador há 4 anos. O objetivo do projeto, segundo Pedro, é catalogar, executar e expandir a música de artistas alencarinos, tais como Alberto Nepomuceno, Zé Menezes, Jorge Cardoso, Carlinhos Patriolino e Tarcísio Sardinha. Este último é o homenageado do concerto que acontecerá hoje, 29, às 18 horas, no Teatro São José.

Em conversa informal com o DISCOGRAFIA, Pedro falou sobre o começo desse trabalho, bem como as aspirações que o influenciaram, além da importância e realização dessa promissora obra que permite um resgate musical das  coisas de cá. Atualmente, a OPN tem uma formação de 13 membros. São eles Pedro Madeira (bandolim e regência), Lauro Viana (cavaco), Pedro Ernesto (violão de 7 cordas), Mateus Farias (flauta transversal), Giltácio Santos (clarinete), Gabriel Padrón (violino), Paulinho Lima (violino), Marcílio Brito (viola), Juliana Aragão (violoncelo), Hermano Bezerra (contrabaixo acústico), Bruno Vasconcelos (percussão) e Michael Rodriguez (bateria). Um time de renomados músicos que demonstram bastante precisão em seus instrumentos. A produção de Aline Monteiro desenha e complementa com excelência esta empreitada sonora.

Para esse último sábado de setembro, a Orquestra Popular do Nordeste traz um concerto especial que acontecerá na programação de reinauguração do Teatro São José e contará com a participação especial do multi-instrumentista Tarcísio Sardinha e da MC Carolina Rebouças. “A apresentação comemora um ano do lançamento do songbook de Sardinha, durante o Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes (2017), em que a Orquestra esteve sob a tutoria do pianista, compositor, arranjador e produtor André Mehmari”, explica Pedro.

Uma das coisas mais interessantes comentadas por Pedro Madeira é sobre o funcionamento singular da regência na orquestra. Quando indagado sobre sua condução, ele relata que se coloca na mesma linha de execução dos demais instrumentistas por ter certeza de que é “igual aos outros” músicos. Sendo assim, a pulsação rítmica da orquestra se dá através da conexão linear entre regência e corpo sonoro.

Serviço:
Concerto da Orquestra Popular do Nordeste, com participação de Tarcísio Sardinha e Carolina Rebouças;
Local: Teatro São José (rua Rufino de Alencar, 299-372 – Centro. Próximo ao Dragão do Mar)
Quando: hoje, 29, às 18 horas
Entrada Franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.