Entre Aspas

Veja os 4 filmes brasileiros que estão escalados a concorrer o Oscar 2015.

The 85th Academy Awards® will air live on Oscar® Sunday, February 24, 2013.

 

Meus caros leitores, hoje vamos falar um pouquinho de cinema, mudar um tantinho esses posts de literatura né? Aliás, devo fazer jus ao conteúdo, é tudo que está entre aspas, de assuntos factuais à temas especializados. Então, vamos lá!
Vocês, claro que sabem qual o principal e mais importante prêmio do cinema mundial não é? Isso, acertou quem falou Oscar e o Oscar 2015 já está bem aí, para alguns, que anseiam desesperadamente. E o bom disso, é que tem quatro filmes brasileiros cotados para concorrer ao Oscar 2015.
A 87° edição vai acontecer no dia 22 de fevereiro do próximo ano. Os finalistas de todas as 23 categorias serão divulgadas no dia 15 do próximo mês, janeiro.
O curta-metragem O Caminhão do Meu Pai é um dos finalistas ao Oscar 2015. Dirigido pelo paulista Mauricio Osaki, o filme concorre com outras nove produções ao prêmio de Melhor Curta-Metragem. Já na categoria Documentário, disputam uma vaga as produções Elena, de Petra Costa, e This Is Not a Ball, do artista plástico Vik Muniz, e, na categoria Melhor Filme Estrangeiro, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, um dos filmes que mais impactou as redes sociais este ano. No caso dos três últimos, os finalistas ainda não foram divulgados.
Uma coprodução feita entre Brasil e Vietnã e premiada em festivais internacionais, O Caminhão do Meu Pai foi produzido por uma equipe técnica brasileira e tem elenco vietnamita. Filmado em Hanói, ele conta a história de uma menina que passa um dia inteiro acompanhando o pai, que é caminhoneiro. Na sinopse oficial do filme, aos poucos, ela percebe que certo e errado são conceitos amplos. O filme foi exibido em diversos festivais internacionais, inclusive no Festival Internacional de Cinema de Berlim, no ano passado.
Na categoria documentário, duas produções brasileiras disputam uma indicação para o prêmio concedido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos. Os documentários em longa-metragem Elena, de Petra Costa, e This Is Not a Ball, do artista plástico Vik Muniz, podem concorrer ao prêmio. Elena, premiado em festivais nacionais e internacionais, conta a história da irmã mais velha de Petra, que viajou para os Estados Unidos para tentar a sorte como atriz. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas: filmes caseiros, recortes de jornal, diários e cartas.
This Is Not a Ball é dirigido por Muniz, ao lado de Juan Rendon, foi produzido para a rede de TV por internet Netflix e mostra como diferentes povos de nove países encaram o futebol. O documentário também acompanha a concepção de uma das mais recentes obras do artista, apresentada no México, que foi feito com 20 mil bolas de futebol. Por enquanto, os dois documentários concorrem com outras 132 produções. A lista de filmes que disputarão o prêmio de Melhor Documentário deve ser reduzida para 15 em dezembro.
O longa-metragem de ficção Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, disputa com produções de 83 países uma das cinco vagas na categoria Melhor Filme Estrangeiro. O filme, que venceu prêmios em diversos festivais internacionais de cinema, mostra a história de um adolescente cego que se apaixona por um colega de escola.
No dia 15 de janeiro, os finalistas de todas as 23 categorias serão divulgados. A premiação será no dia 22 de fevereiro, durante a 87ª edição do Oscar e com certeza o Entre Aspas vai trazer as notícias dos ganhadores, então aguardem! Abraços.

Recomendado para você