Esmaltes e Etc

O esmalte da “tragédia”

1014 9

O título é um tanto quanto dramático, mas aconteceu uma pequena tragédia mesmo, pra quem como eu, é viciada em esmaltes. Usei o dito cujo e… Ah, Vamos ao post e no final vocês vão saber o que aconteceu (um pouco de suspense é bom, vai!).

Esse sem dúvida é um esmalte bem antigo (e claro, tá vencido, só pode). Comprei lá por 2010, quando chegou – e tinha – Fina Flor aqui em Fortaleza. Fiquei com vontade de esmalte cinza, e achei melhor usar esse mais velhinha e ainda na espera.

atenas1

atenas2

atenas3

Foram duas camadas e ao contrário do que eu pensava, cobriu bem! Lembro de ter tentado usá-lo logo que comprei e não ter gostado, mas acho que na época era mais ralo e não ficou tão bom. Ele tem um glow azul, em algumas fotos dá pra perceber de leve. Por cima, o meu indie feito com glitter comprado na KK, que já mostrei aqui sobre um laranjão.

atenas4

atenas5atenas6

Gostei muito dele em cima do cinza, já que ficou aquela “coisa”: preto, cinza, branco… O top coat que usei foi da Risqué, arrastou um pouco na cutícula, mas achei que deu pra disfarçar.

atenas7

atenas8

atenas11

atenas12

atenas9

E a tragédia? Aqui ó:

atenas10

É, acabou-se! O vidro estava em cima do meu gaveteiro e não sei o que foi, acabei derrubando e ele quebrou de um jeito que nem deu pra salvar nada em outro vidro. Já derrubei outros e não sei se a altura foi diferente ou os vidros mais resistentes, nada aconteceu, já com esse da Fina Flor…. Pena, mas fazer o que, acidentes acabam acontecendo, né?

Beijos,

Nalu

9 Comentários

  • Valhaaaaaaa. O vidrinho se suicidou-se, foi? =P

    Mas a combinação ficou linda.

    Beijos.
    http://www.1001unhas.blogspot.com

  • Lili disse:

    Livramento de Deus!! o.o
    Para vc parar de usar esmalte vencido..!
    Mulher de Deus.. pára de comprar tanto esmalte.. até pelo menos usar os que nunca usou..

    • Ana Luísa (Nalu) disse:

      Dificil parar de comprar com os lançamentos… Fico querendo e muitos saem de linha, aí complica :/
      Mas pra mim, se a textura não mudou nem o cheiro, se tá do mesmo jeito, acabo usando.

  • Raul, o Marido da Nalu disse:

    Lili, quem paga os esmaltes da Nalu sou eu, e eu gosto de ver ela com as unhas lindas..Então, Nalu, continue comprando que eu com muito gosto continuo pagando.

  • VANIA disse:

    Ficaram lindas suas unhas, mas achei infeliz o comentário do RAUL, MARIDO DA NALU, achei desnecessario, a LILI quis apenas dizer que vc poderia usar os que tem e ainda nao teve tempo de mostrar, ele como homem não devia comentar com tanto machismo, ” eu pago os esmaltes da Nalu” e não pense que fico com inveja de ter homem p pagar meus esmaltes eu mesma pago.

    • Ana Luísa (Nalu) disse:

      Eu entendi o que ela quis dizer, mas como respondi, é difícil deixar de adquirir esmaltes, pois além de ser uma coleção, as marcas não param de apresentar cores, texturas, acabamentos novos, e infelizmente, fazem muitos esmaltes que saem de linha, e logo ninguém encontra mais e perde a oportunidade de usar.

      Ele pode ter se exaltado achando que estavam se metendo em algo, mas o que acho que ele quis dizer foi que como ele me dá alguns esmaltes, não se importa de que eu fique com vários sem ter usado ainda. No fim das contas, achei que o seu comentário não foi muito feliz, disse que ele foi machista e esse negócio de “não pense que fico com inveja de ter homem p pagar meus esmaltes eu mesma pago”, soou bem feminista.

      Hoje em dia, felizmente são raras as mulheres que “precisam” de homens pra pagar suas contas. Não vejo nenhum mal em que eles comprem algo para agradá-las, não por obrigação, e este é o meu caso, ele compra alguns esmaltes pra me agradar, não porque eu precise dele para pagar as minhas contas!

  • RENATA disse:

    Concordo com vc VÂnia, e acho que é por isso que essas postagem desse quadro tem pouquíssimos comentários, não vale a pena comentar com quem não tem o que postar.

    • Ana Luísa (Nalu) disse:

      Vocês três nunca comentaram por aqui e olha, coincidência, depois que se respondeu à primeira pessoa, mais duas apareceram defendendo…

      Sobre não ter o que postar, então o que são esses posts todos? Infelizmente não dá pra se ter postagens diárias, pois nós três – eu, Alê e Amanda, temos outros afazeres, ninguém vive do blog e não tem tempo de todo dia mudar a unha para mostrar aqui. Também não fazemos swatches de lançamentos porque não recebemos nada de nenhuma marca, quando temos acesso, é com nosso dinheiro e quando chegam às lojas daqui, muitos blogs já resenharam e fizeram as amostras, então, pra que repetir? Fica até chato ver de novo o que outros blogs já mostrarmm. Além do que não compramos todas as coleções completas, só o que nos agradam. Sinceramente, não é seu comentário que vai nos fazer abandonar o blog, temos sim o que mostrar e acho que tem sim meninas que querem ver!

    • Ale Bergamini disse:

      Como colaboradora e quase fundadora do Esmaltes e Etc sinto que posso me meter na conversa.
      Então vou dizer: se você não tem o que comentar não comenta nada.Já foi falado nos post aqui do blog sobre esmalte vencido. Nenhuma de nós indica usar e usamos porque queremos e assumimos a responsabilidade dos nossos atos.
      Quem gosta de esmalte compra mesmo tendo muitos que não usou, quem gosta de sapatos compra mesmo tendo só dois pés pra usar então vamos continuar comprando o tanto que quisermos e não é você Lili quem vai dizer quando parar.
      Em um blog além do assunto central que você escolhe escrever, no nosso caso esmaltes, é por definição um diário onde a gente escreve sobre o que acontece na nossa vida. E se você não quer ler sobre isso é só não visitar mais o blog.
      Adoramos os comentários que deixam aqui, mesmo os que criticam pois quando fazem criticas podemos melhorar o que não está tão bom. Mas comentários como esses aí de baixo não nos enriquece em nada.
      Então vou repetir o queja disse: se não tem o que comentar não fica falando besteira sobre uma pessoa que você nem conhece

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *