Fora da Ordem

Bruno Di Lullo e Domenico Lancellotti trazem projeto Dr. Haux e masterclass para Fortaleza

1030 1

bruno-di-lullo-domenico-lancellotti-dr-haux-reporter-entre-linhas

O duo carioca Dr. Haux se apresenta pela primeira vez em Fortaleza neste domingo, 2, no Salão das Ilusões. O projeto dos músicos Bruno Di Lullo e Domenico Lancellotti é resultado da parceria de longa data e, mais especificamente, dos dois anos em que participaram da turnê Recanto, da Gal Costa, à convite de Caetano Veloso. Parte das músicas que surgiram na época estão no disco Meia Banda, lançado em 2014. Agora, eles apresentam outras canções dessa mesma leva em show intimista.

Nomes conhecidos na Música Popular Brasileira, eles também já tocaram com Adriana Calcanhotto, Filipe Catto e Danilo Caymmi. A relação com os Caymmi é mais estreita. É deles a música ‘Como Vês’, gravada por Alice Caymmi em seu segundo resgistro. Ava Rocha, Mãeana e Iara Rennó também gravaram canções da dupla, mas a relação, conta Di Lullo, é espontânea. “Lembro que estávamos na Bahia, com a Gal, quando Ava Rocha pediu uma música pra gente. Sentamos e falamos “Doce é o Amor” tem tudo a ver com a Ava”.

‘Como Vês’ também ganhou registro em parceria com Moska:

https://www.youtube.com/watch?v=wqlKFRXxt4w

Além das canções próprias do duo e da Meia Banda, o show traz momentos do grupo Tono, que Bruno também faz parte. “Pensamos em fazer algo intimista, como se estivéssemos tocando em casa. A gente se revesa nos instrumentos – guitarra, baixo, sintetizador – e deu muito certo”, considera.

A experiência dos artistas transcende os palcos. Aos 42 anos, Lancellotti, traz na bagagem produção musical, artes plásticas, literatura, com dois livros de poesia lançados pela editora 7 letras, e até gastronomia. Com Di Lullo, produziu os discos Don Don, de Danilo Caymmi, e Mãeana, de Ana Cláudia Lomelino, ambos lançados no ano passado.

Aproveitando a passagem pela cidade alencarina, Bruno e Domenico realizam Masterclass no Porto Iracema das Artes, na segunda-feira, 3. Intitulada ‘As máquinas estão a nosso serviço e não o contrário’, a palestra aborda a presença da tecnologia nos modos de composição musical na contemporaneidade, bem como os processos coletivos de criação, a música como arte do encontro e os efeitos digitais na música indígena.

“Essa vivência vem da própria forma como eu e o Domenico produzimos. A gente não usa a máquina como forma de correção da nossa música. A gente usa como instrumento”, defende. “Hoje existem recursos como o autotune, para ajustar a voz, mas a gente não é a favor disso. Esse momento é justamente sobre usar a tecnologia de uma forma mais musical e menos enquadrada”.

Serviço

Show Dr. Haux – Bruno Di Lullo e Domenico Lancellotti
Domingo, dia 2, às 18 horas
Salão das Ilusões (rua Coronel Ferraz, 80)
R$ 10

Masterclass – As máquinas estão a nosso serviço e não o contrário
Com os músicos e produtores Bruno Di Lullo e Domenico Lancellotti
Segunda-feira, dia 3, às 19h30min
Auditório do Porto Iracema das Artes (rua Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema)

Recomendado para você

1 comentário

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *