Fora da Ordem

Reino Unido recorda um ano de ataque em show de Ariana Grande

Atentado reivindicado pelo EI ocorreu na Arena Manchester

O Reino Unido prestou nesta terça-feira (22) homenagem às vítimas do ataque terrorista ocorrido no dia 22 de maio de 2017 durante um show da cantora norte-americana Ariana Grande, na Machester Arena, no qual deixou 22 mortos e 59 feridos.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, e o príncipe William foram à Catedral de Manchester em memória aos fãs da cantora. Cerimônias religiosas também foram celebradas nos Estados Unidos.

Em seu Twitter, Ariana Grande publicou uma mensagem de apoio aos familiares e amigos dos mortos no atentado. “Pensando em todos vocês hoje e todos os dias. Eu amo vocês e estou mandando luz e calor que eu posso oferecer nesse dia desafiador”, escreveu.

https://twitter.com/ArianaGrande/status/998788066629300224?tfw_site=Agenzia_Ansa&ref_src=twsrc%5Etfw&ref_url=http%3A%2F%2Fansabrasil.com.br%2Fansausers%2Fbrasil%2Fflash%2Finternacional%2F2018%2F05%2F22%2Freino-unido-recorda-1-ano-de-ataque-em-show-de-ariana-grande_c957cf31-e159-4ba5-8891-86f88781a0bc.html

O ataque terrorista foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI), e não foi o único que ocorreu no Reino Unido em 2017. Além dele, outros quatro atentados abalaram o governo britânico naquele ano.

Após a ofensiva, as vítimas foram homenageadas no mundo todo, e Ariana Grande suspendeu sua turnê pela Europa por um período.

Logo depois, no dia 4 de junho, a cantora realizou um show beneficente ao lado dos artistas Justin Bieber, Katy Perry, Coldplay e Pharrell Williams. Toda renda arrecadada foi revertida para a Prefeitura e Cruz Vermelha para ajudar os feridos e suas famílias.

Fonte: Ansa

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *