Fora da Ordem

Harvey Weinstein pode pegar pena perpétua após receber nova denúncia

Ex-produtor é acusado de ter violentado mulher em 2006

(Foto: AFP / Don Emmert)

O ex-produtor de Hollywood Harvey Weinstein foi denunciado mais uma vez por violência sexual e agora arrisca pegar até prisão perpétua.

Após ter sido incriminado por casos de abuso ocorridos em 2004 e 2013, Weinstein está sendo acusado de ter violentado uma mulher em 2006. Segundo a denúncia, a vítima, que permanece sob anonimato, teria sido forçada a fazer sexo oral no ex-produtor.

O Ministério Público de Manhattan diz que Weinstein é alvo de uma acusação de ato sexual criminoso e duas de ataque sexual predatório – este último crime prevê penas de 10 anos de cadeia à prisão perpétua.

Em maio passado, o ex-produtor já havia sido denunciado por três episódios referentes a duas mulheres. Uma delas não foi identificada e alega que Weinstein a trancou e violentou em um quarto de hotel em Nova York.

A outra é a ex-atriz Lucia Evans, que diz ter sido forçada a fazer sexo oral em Weinstein em 2004. A defesa do ex-produtor afirma que ele nunca teve “comportamento sexual sem consentimento”.

As denúncias contra Weinstein eclodiram no fim de 2017 e desmoronaram o império do ex-chefão da Miramax, que foi banido da Academia do Oscar e se afastou da produtora.

Fonte: Ansa

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *