Fora da Ordem

“Viagem à Lua” e “Nosferatu” abrem mostra de cinema mudo no Cineteatro São Luiz

Cena de “Viagem à Lua”, de Mélies

A partir desta terça-feira, 14, a Mostra Gêneros de Cinema, do Cineteatro São Luiz, vai exibir clássicos do cinema mudo com entrada gratuita. “Viagem à Lua“, que abre a mostra, e “O Grande Roubo do Trem” estão entre os escolhidos da programação de Filmes Mudos que vai até o próximo dia 18.

Um Homem com uma Câmera“, “Nosferatu“, “Limite“, “Nanook, o Esquimó“, “Um cão Andaluz” e “O Gabinete do Dr. Caligari” também serão exibidos.

A General” finaliza a mostra no sábado, dia 18, com acompanhamento ao vivo de Tony Berchmans no projeto “Cinepiano”. A exibição do encerramento é a única em que será cobrada entrada de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Vendas na bilheteria do Cineteatro e no site da Tudus.

Veja a programação da da Mostra Gêneros de Cinema – Filmes Mudos

Terça-feira, dia 14

16 horas – Viagem À Lua

(Direção de George Méliès | Aventura, Ficção Científica | França | 1902 | 0h16)

Sinopse: O professor Barbenfouillis (Georges Méliès) convence seus colegas a participarem de uma viagem de exploração à Lua. Eles partem em uma nave que aterrissa no olho direito da Lua. Lá eles encontram habitantes hostis que o levam ao seu rei. Os terráqueos conseguem fugir quando descobrem que os inimigos viram fumaça a um simples toque de um guarda-chuva.

16h20 – O Grande Roubo do Trem

(Direção de Edwin S. Porter | Faroeste | EUA | 1903 | 0h11)

Sinopse: Um grupo de cowboys fora da lei envia uma mensagem falsa que faz com que um trem pare. Assim, eles podem entrar no trem e assaltar os passageiros. Eles roubam o cofre do vagão dos correios e, depois de uma certa confusão, conseguem escapar. Só que o telegrafista do trem consegue enviar uma mensagem pedindo ajuda, o que leva à perseguição dos assaltantes.

16h35 – Um Homem com uma Câmera

(Direção de Dziga Vertov| Documentário | URSS, Rússia | 1915 | 1h08)

Sinopse: Um documentário que mostra um dia normal, bastante típico. Um cinegrafista (Michail Kaufman) filma um dia despretensioso na vida da cidade moderna: Primeiro as ruas vazias ao amanhecer que vão gradualmente se enchendo, depois os habitantes de Moscou, ou de outra cidade soviética no trabalho ou no lazer. São as pessoas comuns mostrando a verdade da vida cotidiana.

19h – Nosferatu

(Direção de Friedrich Wilhelm Murnau | Terror | Alemanha | 1922 | 1h34)

Sinopse: Hutter (Gustav von Wangenheim), agente imobiliário, viaja até os Montes Cárpatos para vender um castelo no Mar Báltico cujo proprietário é o excêntrico conde Graf Orlock (Max Schreck), que na verdade é um milenar vampiro que, buscando poder, se muda para Bremen, Alemanha, espalhando o terror na região. Curiosamente quem pode reverter esta situação é Ellen (Greta Schröder), a esposa de Hutter, pois Orlock está atraído por ela.

Quarta-feira, dia 15

15h30 – Limite

(Direção de Mário Peixoto | Drama | Brasil | 1931 | 2h)

Sinopse: Um barco está perdido no oceano com três náufragos – um homem e duas mulheres. Sem ter o que fazer e com pouquíssimas esperanças de salvação, cada um deles passa a contar para os demais a história de suas vidas, relembrando os acontecimentos que os levaram até ali, três destinos à deriva, confinados em um espaço onde tudo é limite.

Quinta-feira, dia 16

16 horas – Nanook, O Esquimó

(Direção de Robert J. Flaherty | Documentário | França, EUA | 1922 | 1h10)

Sinopse: Documenta um ano da vida do esquimó Nanook e de sua família, que vivem em Hudson Bay, no Canadá. A caça (a animais como o leão marinho), a pesca e as migrações de um grupo que estão totalmente à parte da industrialização da década de 20. O cotidiano de uma família que realiza as atividades do dia-a-dia em volta basicamente de uma única questão: Ter o que comer.

Sexta-feira, dia 17

16 horas – Um Cão Andaluz

(Direção de Luis Buñuel | Experimental | França | 1929 | 0h11)

Sinopse: Sonho? Realidade? Subconsciente? Uma aventura surrealista de Luis Buñuel e Salvador Dali.

16h15 – O Gabinete do Dr. Caligari

(Direção de Robert Wiene | Horror | Alemanha | 1920 | 1h17)

Sinopse: Francis (Friedrich Feher) e o amigo Alan (Hans Heinrich von Twardowski) visitam o gabinete do Doutor Caligari (Werner Krauss), onde conhecem Cesare (Conrad Veidt), um homem sonâmbulo que diz a Alan que ele morrerá. Assim acontece e Alan acorda morto no dia seguinte, o que faz com que Francis suspeite de Cesare. Francis então começa a espionar o que o sonâmbulo faz com a ajuda da polícia. Para descobrir todos os mistérios, Francis acredita só haver uma solução: adentrar no misterioso gabinete do Doutor Caligari.

Sábado, dia 18

18 horas – Exibição do filme “A General” + apresentação do projeto “CINEPIANO”, de TONY BERCHMANS.

Entrada: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia) | Classificação indicativa: livre | Duração: 70 min

(Direção de Buster Keaton | Comédia | EUA | 1927 | 1h18min)

Sinopse do filme: Quando a Guerra Civil americana teve início, o maquinista Johnny Gray (Buster Keaton) apaixonado pelo seu trem A General não foi aceito para lutar porque seria mais útil como engenheiro da ferrovia. Assim, sua amada Annabelle (Marion Mack) começou a pensar nele como covarde. Até o dia em que ele vai provar que tem coragem e também loucura, ao perseguir sozinho um bando de espiões unionistas, que roubaram o trem A General e dentro dele Annabelle Lee.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 16 =