Fora da Ordem

Pitty se faz resistência e pede revolução em “Noite Inteira”

857 15

Capa do single (Foto: Divulgação)

Matriz, o quinto álbum de estúdio da cantora e compositora Pitty, está chegando. Antes, ela dá mais um gosto do novo trabalho com o single “Noite Inteira“, que ganhou clipe animado em 3D. O artista baiano Lazzo Matumbi, conhecido pelas influencias africanas, colabora nos vocais.

Atual, “Noite Inteira” clama por revolução enquanto fala sobre a importância de dar as mãos e resistir contra a intolerância.

“É sobre a soma de forças, do quanto podemos realizar quando estamos juntos com um objetivo em comum, e a responsabilidade que temos com os valores com os quais nos comprometemos”, explica a cantora.

“E que pode ser tanto uma manifestação na rua, como uma festa, um Carnaval. A gente se junta para fazer revolução, mas também para dançar, para trocar ideia”, continua.

A música segue a linha disruptiva das anteriores “Contramão” e “Te Conecta”, em uma evidente necessidade de repensar o lugar da cidadania no nosso tempo.

Todas as três faixas flertam com gêneros musicais para além do rock, seja o rap de “Contramão”, o reggae “Te Conecta” e até mesmo a referência da salsa na dançante “Noite Inteira”.

Lazzo Matumbi

Pitty e Lazzo Matumbi nas gravações do álbum (Foto: Reprodução/Facebook)

A ideia de convidar Lazzo Matumbi, em atividade desde os anos 60, é coerente às raízes baianas e a tendência da era Matriz de juntar nomes nordestinos.

Em “Contramão”, a parceria era com a potiguar Emmily Barreto (Far From Alaska), além da rapper paulistana Tássia Reis. A baiana Nancy Viegas faz backing vocal nos coros de “Noite Inteira”.

“Lazzo é uma voz de resistência do movimento negro e que me remete a isso desde pequena. Ouvia ele cantando músicas muito fortes, revolucionárias, um canto de liberdade, além de ter um vozeirão inacreditável”, lembra a cantora.

“Mesmo que a gente tenha caminhos musicais diferentes, nos encontramos no campo das ideias, foi uma honra para mim”, diz em texto publicado pela gravadora Deck.

Clipe

O clipe, dirigido por Carlos Pedreañez, traz ilustrações e cenas geradas em 3D, texturizadas e animadas. De acordo com a Deck, as animações foram feitas a partir de fotografias, outras com rotoscopia – técnica que redesenha quadros de filmagens par animação.

Matriz sai em abril próximo.

Pitty nas gravações do álbum Matriz (Foto: Reprodução/ Facebook)

Recomendado para você

15 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *