iMãe

lavando as roupa do bebê

259 3

Esse post foi reivindicado por uma leitora, super grávida, que eu amo, e que vai ser mãe do Bento em meados de novembro. Então vamos lá!

foto: google 

Lavar as roupas do bebê que vai chegar ou do que já chegou é uma coisa que temos que ter um pouquinho de cuidado no começo.  É trabalhoso porque muitos casos de alergia e irritação na pele dos recém-nascidos ocorrem por causa dos produtos usados para lavar as roupinhas e até mesmo pelos tecidos dessas roupas
.
Para as grávidas, o momento de começar a lavar as primeiras roupinhas é indicado que seja a partir do sétimo mês.  Ah! Isso vale também para todo o enxoval do berço, cortinas, tapetes etc. Essa fase é boa porque a gestante ainda tem disposição (ou não) e fica tudo pronto para se o bebê for daqueles apressadinhos, que chegam antes do previsto.

A lavagem é com sabão de coco ou neutro, pode ser líquido, em barra ou em pó e o mais importante, engomar. Quando engomamos é que temos (quase) certeza que matamos ácaros e fungos que possam afetar a saúde do recém-nascido. Nada de amaciante heim? Sobre a máquina de lavar, pelo que sei, a contra-indicação é porque as roupas de bebês são mais delicadas e muita gente prefere não juntar com as roupas dos outros moradores da casa.

Aqui em casa a gente lava à mão e engoma a roupinha do avesso, que é o lado de maior contato com a pele do bebê. Uma dica boa é caprichar no enxágue.  Outra dica legal é tirar as etiquetas pontudas que possam incomodar o neném que não pode nem avisar que tem algo pinicando ele.

O sabão mais usado e indicado pro comecinho é o Roma, usei esse até o mês passado.Começamos agora a usar opções mais baratas e tá dando certo.

Algumas mamães usam os saquinhos para proteger as peças e lavam tudo nas lavanderias. Eu fiz isso com as roupinhas de levar para a maternidade e com as dos primeiros dias em casa. A ideia do saquinho não gosto muito porque é saco demais pra desperdiçar, nada ecológico. Fiquei com peso na consciência depois. Para compensar, os saquinhos que vieram embalando as roupinhas da Laís foram todos reutilizados. Era o mínimo que eu podia fazer…

E quanto as lavanderias, também não confio taaaanto na limpeza 100% dessas lavanderias, mas as roupinhas chegaram bem cheirosinhas.Bom, fica a opção!

3 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *