iMãe

Meu bebê está batendo em mim

2281 51

Oi, gente!

Este blog também é um lugar para pedir ajuda! Socooooorro meu povo!
No fim de semana que passou, já na sexta, fiquei totalmente sozinha com a Laís e ela ficou muito agressiva. Claro que sempre acontece de ficarmos sozinhas, mas dessa vez foram três dias seguidos e fazia tempo que não acontecia. Agora, se é contrariada ela dá gritos intermináveis e quando vou falar com ela, ela me dá uns tapinhas de raiva. Corri para procurar tudo sobre o assunto. O que fazer? Como reagir? Pois, realmente, não estava preparada para isso agora, já que a Laís tem apenas 1 ano e 1 mês (quase dois meses).

Foi assim com vocês??? O que estou fazendo de errado???

Para ajudar li algumas dicas de mães que escreveram para a revista Crescer, tentando ajudar uma outra mãe aflita. Vou reproduzir aqui porque pode ajudar vocês também. Já estou usando as técnicas. Aí vai:


“Minha filha não para de me estapear. Ela faz isso comigo sempre e por qualquer coisa. Parece que não tem carinho por mim. O que eu faço?” Lisiane Leila de Moura, 30 anos, mãe de Natália, 1 ano e 10 meses

Ensine que ela está errada
Minha filha de 1 ano tem o mesmo problema. Quando isso acontece, seguramos a mão dela e dizemos: “Isso não pode, filha, é feio.” Demorou, mas ela está melhorando. Pietra chora, nos abraça e percebe que seu comportamento está sendo ruim. Ela realmente fica sentida. Tem de ter paciência, mas eles entendem. SHELA JULIANA DE PAULA PELLEGRINI, 25 anos, mãe de Pietra, 1 ano

Troque tapas por carinhos
Minha filha estava com esse mesmo comportamento e, em poucos dias, parou. Quando acontecer, olhe bem nos olhos e fale firme: “Não pode bater na mamãe.” Dê um beijo na mãozinha dela e passe em seu rosto, acariciando. IONA QUEIROZ, mãe de Hágda, 15 anos, e Isabella, 2 anos

Seja amorosa
Não pense que sua filha não tem carinho por você. Ela está querendo chamar sua atenção. Às vezes, minha filha tem a mesma atitude. Falo firme, mas com amor, que ela não pode bater, pois machuca, e a incentivo a fazer carinhos. Parece que ela entende, pois começa a alisar o meu rosto. Tente isso. ADRIANE DA CONCEIÇÃO, 37 anos, mãe de Ana Cristina, 1 ano e 5 meses

Teste o melhor jeito de conversar com ela
Nessas horas, a paciência é a melhor companheira. Tive esse problema há dois meses. Foi então que meu marido e eu descobrimos que não adiantava gritar. O que deu resultado foi falar com ela como se fosse adulta, com voz calma, olhando no olho e explicando que ninguém fazia aquilo nela e que era feio. DÉBORA CAETANO ABREU SILVA, 30 anos, mãe de Juliana, 1 ano

Descubra os motivos dela
Os tapas da sua filha podem ser carência, ciúme ou frustração. Veja o que desencadeia as reações e observe se alguém que ela conhece tem o costume de dar tapinhas, mesmo de brincadeira. Minha filha ficava agressiva comigo. Percebi que acontecia sempre que o pai dela e eu trocávamos algum carinho. Era ciúme! Então, sempre que meu marido me abraçava, abraçava ela em seguida. As reações negativas desapareceram. LUIZA ROCHA, 25 anos, mãe de Beatriz, 1 ano e 2 meses.
Recado da Crescer, que vale a pena ler!

Este mês, no fórum da comunidade da CRESCER, em nosso site, a pergunta esse assunto levantou polêmica. Alguns pais aconselharam a revidar o tapa da filha na mesma moeda, atitude que nos deixou inconformados. A comunidade é um espaço livre para você se expressar, mas palmadas ou qualquer tipo de violência à criança não resolve e é contra nossos valores. Bater não educa. Defenda você também esta bandeira.

O que diz a psicanalista...
Marina Massi é psicanalista e professora da PUC-SP

“Pergunte por que ela está zangada com você
Investigue as causas. Em primeiro lugar, pergunte-se por que uma criança de 1 ano e 10 meses está dando tapas em você. Deve ter algum significado por trás desse ato e você é a melhor pessoa para descobrir (acredite: tem informações suficientes para isso, só falta usá-las). Mesmo se não souber ainda o motivo, você pode segurar delicadamente o bracinho da sua filha e dizer que não se bate nas pessoas. Em vez disso, peça para ela dizer o que sente. Pergunte por que está zangada com você. Diga que bater não ajuda e que, quando ela estiver chateada, deve expressar em palavras, conversando e explicando para o outro do que não gosta e o que não quer. Fazendo isso, provavelmente ela vai parar de bater, mas cabe a você descobrir o motivo da atitude ter começado e assim cortar o mal pela raiz. Vá em frente e converse com ela.”

***

Deixe sua opinião e sua dica! Você pode ajudar outras mães!

Recomendado para você

51 Comentários

  • angela disse:

    Concordo com as dicas da revista Crescer. Ainda não aconteceu comigo, mas quando acontecer, vou seguir essas dicas!

  • Mary monteiro disse:

    Tenho um filho de tres aninhos, eu falo com ele na mesma altura, mais ele não para de gritar para poder me escutar, se joga no chão, me chama de chata, o que eu faço, grito com ele? deixo na desciplina? como devo fazer, para que ele não fique tao estressado com tudo que não dá certo para ele. Mary monteiro, 30 anos, fortaleza

  • Carol Bedê disse:

    Mary Monteiro, estamos com o mesmo problema, vamos tentando as dicas acima e não desistir. É um trabalho que vai valer a pena depois, conversar e mostrar com carinho o que não pode ser feito é o melhor caminho. beijos

  • catia disse:

    Preciso de ajuda …….. Meu filho de 02 anos e 09 meses, tem o terrivel habito de bater nas pessoas , aplico sempre a tecnica do cantinho do pensamento,converso, explico e ele insiste , não vou negar que até tapas nas mãos já levou e algumas palmadas por bater nas pessoas e muitas vezes é do nada em pessoas da família ou na rua até mesmo quando as pessoas vem agradá-lo e pegue onde pegar até no rosto , fico roxa de vergonha , o repreendo na hora e não adianta assim que que dá ele me apresenta essa ……….. sempre fico tensa perto dos outros por conta disso……..moramos somente eu e ele ,pois o pai morreu quando ele tinha apenas 04 meses vitimado por um cancer…oque faço, já me disseram que é a falta da figura paterna, mas não pode ser só isso e agora ostios paternos estão querendo dar palmadinhas leve nele , não me agrada nem um pouco até porque isso tiraria a minha autoridade perante ele e também porque ele não é filho de ninguem ,que todo mundo da palmadinhas de leve, já me sugeriram que eu deveria me casar para dar um pai para ele ……….. não acho que seja a solução , comigo só eu ele é tranquilo me obedeçe e tal é sempre socialmente e ele ainda não vai para a escolinha e também quando alguém diz não para ele além de mim ele dá tapas ……. me ajudem por favor…………..

    • Carol Bedê disse:

      Cátia, eu não sou especilista nisso, mas a melhor forma que encontrei foi a conversa. Quando ela batia eu mostrava que tinha que fazer carinho. Demora mas um dia resolve, eles esquecem, voltam a bater e voc~e conversa de novo. É assim mesmo, educar tem que ser um exercício incansável! Boa sorte! Tomara que mais mães possam te ajudar por aqui! beijos

  • Ana Paula disse:

    Cátia,eu acho que o melhor que você tem a fazer é procurar ajuda de um bom profissional,não adianta bater(como vc quer que ele pare de bater se vc bate nele) e não permita que os tios de palmadinhas de leve ,eles não tem esse direito não importa o que o seu filho faça.E a solução não é casar porque Pai ele já tem(mostre sempre a foto do Pai para ele diga que seu Pai o amava muito e que eram muitos felizes mas infelizmente não pode mais estar presente e que agora o Papai é uma ESTRELINHA e sempre vai estar lá no CÈU olhando por voçês!!)não espere que ninguém substitua o Pai dele,se concentre agora em vc e seu filho quando estiverem bem “felizes” em todos os aspectos procure alguém que venha para somar essa felicidade com vcs dois não para completar e deixe que as coisas aconteçam naturalmente.Boa Sorte!Muito amor e carinho ppara vcs…bjos.

  • LUSIANE disse:

    Temos o mesmo problema, com o filho da minha mulher ele grita alto,ciuma quando encosto na mãe dele, e agora passou a mim dar tapinhas. Confesso que está sendo muito difícil, pois não sei como agir por isso vim pedir ajuda.Fiquei muito satisfeita com as dicas e vou tentar aplica-las.

  • Alessandra disse:

    Minha filha tem 1 ano e 5 meses a uns 2 meses quando voltei a trabalhar ela começou a me bater quando eu vou tirá-la de um lugar que ela quer mais não pode ficar, pego ela e ela chora se joga pra trás eu seguro com o maior carinho e ela faz uma cara de brava bate na minha cara e na sequencia puxa meu cabelo com toda força que ela tem isso me machuca ai eu seguro a mão dela e digo que não pode bater na mamãe que eu fico triste q isso não se faz ela fica seria olhando para minha cara, peço para ela faz carinho pedir desculpa ela faz mais vira as costa volta a ir para o lugar onde eu acabei de tirá-la e se eu vou pegar de novo ela bate de novo em mim, se eu deixar ficamos nessa repetição o dia inteiro ela só para quando eu fico brava do uns gritos ponho ela no cantinho da disciplina e deixo ela chorar 1 min .. ai ela para… parece que ela só me leva a serio se eu me estressar e gritar com ela… isso está me deixando muito chateada… o que fazer? Não quero ficar pondo ela na disciplina ela é muito inteligente mais nessa parte está me deixando sem opções….

  • bom tenho 13 anos estou gravida nao sei como e ser mae pesso um comselho moro com meu namorado pode me ajuda muito obrigado se reseber manda devouta vou te ajudar bejos de natalin erik e bebe ana livia

  • a minha filha de un ano bate na minha cara o que qui faso se bato depois me arependo me ajuda

  • mara disse:

    meu filho de 2 anos toda vez que tira algo de suas mãos ou fica frustado ou quando os avós vao embora me bate na cara, faz pirraça, o que fazer?

  • Gabriella disse:

    Se.acontecece.comigo.eu.pegava.ela.olhava.bem.seria.dava.uma.palmadinha.na.mao.e.diria.”NAO.PODE.BATEER!!”.bem.estressada.e.ela.tornasse.a.bater.em.seguida.eu.ia.fazer.a.mesma.coisa.ate.ela.parar!Minha.bebezinha.gritoou.e.e.deu.um.tapa.no.rosto.ai.eu.peguei.ela.e.disse.’NAo.Bata’.bem.extressada.ela.me.bateu.denovo.ai.eu.dei.um.tapinha.nela.ai.ela.paroou.Gabriella.ma.de.Sofia.1e8.meses

  • Laís disse:

    Me vi totalmente nessa matéria. Já não sei mais o que faço. Minha filha de 1 ano e 0 mes começou a ficar birrenta de uns tempos para cá, antes era só manha, mas agora anda agressiva, e percebo que é só comigo, com o pai ela não faz essas coisas, pois eu passo a maior parte do tempo com ela. Eu não sei o que estou fazendo de errado, e é sempre a mesma coisa.. ela quer abrir or armários, gavetas tirar tudo de dentro e eu não deixo, fecho a porta e falo que não é para abrir, ela vai lá e abre de novo e fica brava, começa a bater o pé, a gritar, e se eu tiro ela de lá ela se joga no chão e bate em mim. Lembra até aquelas crianças teimosas que passa na ‘Super Nany’, tô ficando preocupada de ela se tornar esse tipo de criança que desobedece os pais e os agride, isso porque ela ainda é um bebê!
    Isso me chateia muito, não sei mais se ela sente amor por mim, parece que ela gosta mais do pai e não liga muito para mim. Me sinto tão mal por isso, pois tento fazer de tudo para ela e ela me trata assim. Então isso é normal nessa idade? As mães que tem ‘filhas’ geralmente acontece isso?! Parece que elas preferem os pais do que nós mães? ou será que eu não tô sendo uma boa mãe?! Ai já não sei mais o que pensar! :/

  • Paula disse:

    Nossa Lais, parece até que você está aqui em casa, descreveu exatamente o meu filho, 1 ano e 2 meses. Também estou nesta situação, acreditando que não sou uma boa mãe e ficando super chateada e triste. Vou colocar em prática este artigo, por favor se encontrar outro caminho me avise.

  • Priscila disse:

    Tenho um filho de 1 ano 5 meses ele esta batendo em mim sem motivos e esta piorando cada vez mais. O que devo fazer? Ele tem carinho, amor, brinco com ele sou pasciente uma boa mãe esta situacao me deixa mto triste!

  • mel disse:

    Bom vi varias mães aki quase todas com a mesma história…mas com meu filho não é assim já estou a ponto de buscar ajuda profissional..pois ele não só mé bate como bate na vo, no pai, nos tios e tias, não respeita ninguém. Mas o que mais me preocupa que mais me chamou atenção é qua ele se bate ..isso mesmo bate nele mesmo como se não sentisse nada tira sangue da própria boquinha com socos bate com a cabeça na parede..ele bate a boca nas quinas da mesa do cercadinho ele só tem 1aninho e 1mes não sei mais o que fazer e não posso falar palavra.: não pode, pra ele que ele chora mas não é de birra é um choro muito sentido e piedoso que parte meu coração de mãe..

  • talita disse:

    que bom que não e só comigo! Meu filho tem um ano e 1 mês. Destribui beijos e abraços pra todo mundo mas comigo mete uns tapas. Fiquei super preocupada achando que a a culpa era minha mas agora vejo que ele pode ta querendo chamar minha atenção. Serei firme qdo isso acontecer segurar as mãozinhas deles e dizer que não pode.

  • Fer disse:

    Esses,momentos sao mesmo complicados para nos maes que acreditamos estar sempre fazendo o melhor. Meu filho vai fazer 1 ano em 4 dias e tb reage dessa forma. Ele é enorme tamanhode 2 anos e super forte, hoje me deu um tapa tao forte e inesperado, eu tentei conversar e outro tapa me acertou esse ainda mais forte, na hora sem saber muito o que fazer dei um tapa no bumbum, ele chorou e meu coração se partiu. Não quero nunca mais fazer isso, ele foj tao desejado e é tao amado alem de sem tao fragil. Sorte para nos.

  • Larissa Adjane disse:

    Mel, eu imagino a sua angústia… Se as técnicas relatadas aqui não parecerem surtir efeito converse com o seu pediatra. Se vc não tiver um pediatra de confiança em muitas cidades tem, pelo SUS, psicólogos infantis. Procure se informar sobre essa possibilidade. Muitas vezes tudo o que precisamos é de orientação e nossos bebês contam conosco, né? Deus te ajude. Bjo

  • THAIS DA FONSECA disse:

    EU AGRADEÇO POR CADA COMENTÁRIO QUE EU OUVIR AQUI,POIS ESTAVA COM O MESMO PROBLEMA QUE TODAS SE REFERIRAM,MEU FILHO DE 1 ANO E 4 MESES ESTAVA ME BATENDO TAMBÉM.AGORA VOU APLICAR CADA EXPERIẼNCIA.OBRIGADA Á TODAS!

  • Katia Amaral disse:

    Minha Filha, com 2 anos e sete meses, quando contrariada se atira para traz e bate a cabeça no chão. Também, as vezes, ela se dá um tapa na testa. Antes era para chamar a atenção, agora mesmo quando brinca sozinha dá o tapinha na testa. Na creche fica brincando sozinha.

  • Cris Zachari disse:

    Olhá, posso até Perguntar para o Bento de 1 ano e 1 mês o por que ele esta me batendo ou joganto as coisas em mim em momentos diversos, mais não terei retorno em palavras, sei que ele entende quando o corrijo segurando as mãos olhando e seus olhos e dizendo que ” não pode bater na mamãe” pois ele fica sentido em seguida repete mais umas 10 vezes até cansar, ai ele chora e me abraça, logo o beijo e acaricio e olhando em seus olhos explico que não é certo bater nas pessoas pois machuca e ele não vai gostar se alguém fazer isso com ele.

    Não sei se me frusto com as 10 vezes consecutivas ou aguardo por um progresso, que só Deus sabe quando vai vir, só queria saber da onde eles tiram isso pois em casa não temos o costume de bater em ninguém nem gritar.

  • Alessandra disse:

    Tenho uma bebê menina de um ano e sete meses,ela está terrível,não obedece nada,bate em mim,derruba líquido da mamadeira de propósito,estou desesperada até a cadeirinha dela ela jogou em mim.

  • JULIANA MARIA FIRMINO disse:

    Olá boa noite!
    Gostaria muito de um esclarecimento, tenho uma filha e a minha primeira ela tem 1 ano e 5 messes, da tapas na minha cara e de qualquer pessoa, não dava no pai mais agora ele ta fazendo isso com ele, já prestei atença mesmo ela tendo toda atenção ou não, ou tirando ela do lugar com risco ou algo de risco ela dar tapas, ate uma comadre minha que venho me ajudar desde ela ainda bebe ela não fazia agora, tudo isso começo quando ela tinha 10 meses, ela parou com um tempo agora voltou a fazer de novo não sei o que faço, na minha casa não existe agressão, e tranquilo falamos firme com ela dizemos não firme ai e pior se esperneia chora, e quando dar tapas ainda fica rindo quando dizemos não. mais também ela e muito carinhosa quando quer. e o que faço.

  • Gabriela disse:

    Oi eu tenho um filho de 1ano e10 meses ele ta muito estresado grita muito me dar tapas jogas as coisas que tem na mão não sei mais como fazer pra que ele deixe de agir assim me ajude não sei mais o que fazer com essa situação ele é muito bruto e bravo.

  • adriana disse:

    É muito triste ver nosso filho assim, mas vi q não é só comigo achei q era única o meu tem 1 ano e 1 mês e é a mesma coisa já é só falar não q poe se a bater se jogar etc.. vou aplicar as dicas até cansar

  • Deyse disse:

    Minha bebê têm 1 ano e 3 meses. Eu nunca encostei um dedo nela e costumo conversar bastante. Acontece que ela está com comportamento estranho, ela fica se batendo, dá tapas na própria cabeça e com força. Geralmente esse comportamento é quando fica nervosa ou maior parte das vezes, quando está se alimentando e pergunto se quer mais. O que pode ser?

  • Aline disse:

    Minha filha tem 10 meses e me estapeia, morde e belisca outras pessoas também desde os 7 meses, não sei oque fazer posso segurar a mão e falar não umas 20 vezes não entendo o motivo

  • sandra disse:

    gostaria de saber o que posso fazer, meu filho Rafael tem apenas 10 meses e já faz birra, ele se joga pra traz quando nao gosta de algo e bate no meu rosto, não sei o que fazer, pq acho que ele ainda não tem consciência do que é ser repreendido. por favor alguém me responde. Sandra Santos 23a Mae do Rafael 10 meses

  • Meu filho tem 1 ano e 3 meses ele só quer mexer no q não deve, em coisas perigosas falo pra ele não mexer aí ele vai lá e mexe , ja começo ficar e stressada nervosa. Não gosto de ficar gritando com ele, ele só me ouve quando grito mesmo não sei o que fazer pra poder melhorar o comportamento dele. Me ajudem por favor.

  • Mara disse:

    Minha filha tem 1 ano e 5 meses, já não sei mais o que faço para educa-la, passo mesmo dilema, tapas, se joga no chão quando não a deixo fazer algo que não pode, se joga pra trás grita quando reclamo com ela, tem mania de jogar tudo no chão ou na pessoa que a reclama, quando peço algo que está na mão dela que não pode ficar ex: cel, controle TV, ela joga no chão ou em VC.As vezes perco a paciência e grito com ela ou dou uns tapas na mão dela, pois só assim ela atende, mas fico mal por isso me sentindo um monstro, quando o pai me abraça ela me bate e o afasta de mim, as vezes ela demostra carinhos inesperados abraça beija,mas as vezes ela mostra aversão a eles, não quer que a abrace nem a beije e principalmente a toque, não sei mais o que fazer, por isso recorro a net pra ter uma noção básica do que fazer, vou por em práticas essas dicas pra ver se dá certo.

  • Mara disse:

    MARA 30 anos mãe de Maria Fernanda 1 ano e 5 meses.

  • vagner disse:

    Bom dia
    Esta note quase não dormi direito pois em uma conversa com minha esposa fiquei muito triste quando ela me perguntou se eu tinha acariciado nossa filha, na hora entrei em choque perguntei o porque? e ela me disse que minha filha de 3 anos de idade tinha falado pra ela que eu avia tocado na teteca dela. eu na mesma hora peguei minha esposa e chamei minha filha para o quarto brincando com ela eu refis a pergunta que minha esposa fez a ela ela olhando brincado e sorrindo disse que eu tinha acariciado ela bem na sua teteca na hora fiquei triste e tornei a perguntar a ela quando foi isso minha filha que o papai te tocou ela disse no parquinho eu respondi que parquinho e ela pulando na cama e brincando respondeu que foi em casa eu disse quando minha filha e ela me disse quando a mamãe foi para faculdade. O que eu faço para ela dizer a verdade sem que ela fique com medo de eu brigar ou de no futuro se caso uma coisa realmente acontecer ela não nos esconda.

  • tais disse:

    Estou c o mesmo problema, minha filha tem 1 ano e um mês, e em alguns momentos dá tapas no meu rosto, fico muito triste pq ela foi desejada durante 11 anos, e Deus me abençoou com essa gravidez,,,
    Me sinto uma péssima mãe, apesar de tirar tudo d mim p dar a ela, meu dia ê dedicado todo aos cuidados dela as vezes penso que é muita vontade, ela tem tudo e alem do q precisa,,
    N sei o que fazer,, meu esposo está assustado,,, pq ê só comigo essa agressividade,,, ela pesa 12kg,, e vivo c ela no colo,, ainda tenho q nanar p ela dormir,,,, alguma coisa está errada n suíço que é,,,, Me ajudem,,, 🙁 🙁

  • tais disse:

    Estou c o mesmo problema, minha filha tem 1 ano e um mês, e em alguns momentos dá tapas no meu rosto, fico muito triste pq ela foi desejada durante 11 anos, e Deus me abençoou com essa gravidez,,,
    Me sinto uma péssima mãe, apesar de tirar tudo d mim p dar a ela, meu dia ê dedicado todo aos cuidados dela as vezes penso que é muita vontade, ela tem tudo e alem do q precisa,,
    N sei o que fazer,, meu esposo está assustado,,, pq ê só comigo essa agressividade,,, ela pesa 12kg,, e vivo c ela no colo,, ainda tenho q nanar p ela dormir,,,, alguma coisa está errada n sei o que é,,,, Me ajudem,,, 🙁 🙁

  • gente esta acontecendo algo muito parecido comigo minha filha de 1 ano e cinco meses começou a ter alguns chiliques por exemplo ela passa a mão no meu cabelo e parece que fica nervosa e quer puxar eu falo firme com ela não pode puxar o cabelo da mamãe por que doí, as duas primeiras vezes ela obedeceu agora eu tenho que segurar a mãozinha dela e dizer com firmeza não pode puxar o cabelo da mamãe então ela começa a querer me arranhar e quando eu digo que não pode ela começa a chorar do nada e a gritar também ,então eu ignoro dou a fraldinha e o bico e ela para e volta toda carinhosa , porque será que ela se comporta deste jeito.

  • Damares disse:

    Amei as dicas meu bb tá com 8 meses e faz isso bate na cara da gente I grita .Eu sempre Beijo a mãozinha dele I falo n pode e ele para.

  • Damares disse:

    Amei as dicas meu bb tá com 8 meses e faz isso bate na cara da gente I grita .Eu sempre Beijo a mãozinha dele I falo n pode e ele para.

  • Marilene Lopes disse:

    Oi boa tarde! Meu bb está com um ano e 2 meses, e não consigo definir o motivo q ele me bate na cara, qdo é contrariado e tendo corregi lo de algo errado ele age dessa forma e c joga para trás e fica agindo com atitudes de pirraça e chora sentido,confesso q já até dei tapas nas mãos dele mas percebi q com isso só piorou as suas atitudes, sou mãe solteira e tive desde dos 5 meses dele contratar uma babá q está cuidando dele até hj para eu poder trabalhar, a babá diz q ele não tem essas atitudes com ela, não sei mas o q faço, a cada dia ele vem ficando mais agressivo comigo, peço a ajuda de vcs, m retornem por favor. Obrigada.

  • Marilene Lopes disse:

    Oi boa tarde! Meu bb está com um ano e 2 meses, e não consigo definir o motivo q ele me bate na cara, qdo é contrariado e tendo corregi lo de algo errado ele age dessa forma e c joga para trás e fica agindo com atitudes de pirraça e chora sentido,confesso q já até dei tapas nas mãos dele mas percebi q com isso só piorou as suas atitudes, sou mãe solteira e tive desde dos 5 meses dele contratar uma babá q está cuidando dele até hj para eu poder trabalhar, a babá diz q ele não tem essas atitudes com ela, não sei mas o q faço, a cada dia ele vem ficando mais agressivo comigo, peço a ajuda de vcs, m retornem por favor. Obrigada.

  • Micheli Ferreira disse:

    Oi Carol,
    Estou passando por isso já algum tempo, eu e meu marido estamos sem saber como agir, a nossa princesa quando contrariada reage com tapas, joga as coisas no chão, faz muita pirraça mesmo. Antes os tapas era só em mim, agora bate no pai também. O motivo já sei, rs ela não aceita o NÃO, então fica nervosa e bate até em quem não tem nada a ver com a história como por exemplo em nosso cachorrinho.
    Vou tentar algumas dicas que li aqui, hoje ela está com 1 ano e 6 meses quase 7.

  • Railda leal Barbosa disse:

    Olá boa noite! Olha eu estiver lendo todas as pessoas com os filhos que tem esse probleminha de bater, então eu estou passando por isso,e o meu filho Ryanzinho tem o dois aninhos ele tem a mão muito pesada pra bater é como se fosse um adulto mesmo, é em qual quer lugar,e em todos de casa ele bate não importa aonde ele está ou em quem é aonde pegar,ele é explosivo. Então eu fico muito chateada e conversar eu faço é a coloco de castigo,e ele fica quieto, mais depois volta tudo de novo,eu já dei na mão dele é explicando que não pode bater. Ufa eu depois fico com dó depois que dou tapa na mão dele. Eu qro saber como devo fazer e também moro com os meus pais e a casa e cheia de gente e com todos ele faz isso.como devo fazer,e os outros ajudar também?

  • Aline disse:

    Eu TB descobrir que carinho e melhor

  • dayane benicio disse:

    Oi gente, tudo bem?
    Mães, fiquem tranquilas.. Notaram que a maioria de vcs passa por essa situação com bebes de 1 a 3 anos? Essa fase é muito complicada pras crianças, é tudo muito intenso no mundo de descoberta deles… Estão aprendendo a decodificar uma serie de coisas e criando gostos, aprendendo as coisas que os agrada ou nao, e as consequencias de seus atos…
    A relação de amor e odio que tem com os pais ou cuidadores é intensa tb. Vcs sao ótimas mães, nao se culpem. Nessa idade o melhor a fazer é conversar sim, mas tb explicar as coisas com gestos. É preciso estinular bastante a criança, esqueçam a peppa pig e vao ao jardim, mostrem coisas interessantes, brinquem com elas de modo que as façam cansar (10 minutinhos de pique esconde, por exemplo, ja faz gastar uma energia).
    As crianças, diferente de nós, nao sao preguiçosas. Elas tem muita energia e se frustram quando os pais dizem NÃO para algo q esta sendo divertido para elas.
    Ajam com amor… Nao batam e nem dêem broncas mto severas, pq eles nao entendem a logica “corrijo sua agressão com mais agressão”. Isso nao funciona.
    Sorte a todas!! Isso eh super normal
    Cansem eles, façam baguncinha organizada e combatam a agressão com um tom de voz serio e um gestual que mostre q isso tem uma consequência ruim. Um abraço!!

  • Angela Silva disse:

    Simplemente AMEI o artigo e o site de vocês! Estão de parabéns pessoal continuem assim! 😀

  • greiciane disse:

    minha filha tem dois anos e quando é contrariada, bate e belisca. Tem mania de fazer isso com a avó quando chego do serviço.
    Não sei o que fazer, converso explico mas não adianta, ela grita se joga no chão.
    Ajudaaaa por favor

  • Ingrid dielle disse:

    Minha filha tb esta asim o nome dela e esther as vezes ela vai para dar tapas no meu rosto

  • Talitha Mariano disse:

    Como vc vai perguntar pra um bebê de 1 ano de 2 meses pq ele está bravo? E espera que ele responda?? Meu bebê não fala ainda!

  • Nem sempre é fácil lidar com as situações que precisamos enfrentar com as crianças e as vezes ouvir a experiência de outras mães nos ajudam a encontrar caminhos e respostas.
    Para contribuir, segue um texto com dicas da vovó.
    https://www.carinho.co/blogs/papos-de-carinho/10-dicas-valiosas-da-vovo

  • Edilene disse:

    Gente eu não sei o que fazer com o comportamento do meu filho de 1 ano e 8 meses, sinceramente eu não sei como lidar com isso, ele bate ele mim morde e quando eu falo para não fazer aí é que ele faz, eu o repreendo e já cheguei até dar uns tapinhas nele para que ele possa parar, e só assim ele para porque só falando não resolve, mas eu faço isso chorando, pois não foi assim que eu sonhava em educar meu filho, eu não quero repreender dessa forma, ( batendo) alguém aí por favor mim ajuda, pois não estou sabendo lidar com isso.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *