iMãe

Como escolher a escola do seu filho

252 2

É neste segundo semestre que os pais dos pequeninos, que começarão a estudar em 2013, iniciam as buscas por escolas. Saber qual é a escola ideal para o nosso filho não é tarefa fácil. Então, aí vão algumas dicas para auxiliar na escolha.

Uma dica importante é que os pais fiquem atentos ao projeto educacional da instituição, verificando a formação dos funcionários que irão cuidar da criança durante as horas que estiver na escolinha. Os cuidados com a higiene do local também não podem ficar de fora, você vai querer que seu filho fique limpinho, e em um ambiente limpinho, né? Assim como na sua casa. Fique de olho na limpeza geral. Verifique as instalações da cozinha, do local onde as crianças são banhadas ou trocadas e até as condições dos brinquedos espalhados pelo lugar.

Nenhuma mãe ou pai quer seu filho resfriado, doentinho. Então, um ponto importante para observar é se a escola tem salas arejadas. Elas não devem ter pontos de umidade, que acabam causando alergias. As crianças e bebês precisam de um ambiente a céu aberto para banho de sol e contato com a natureza. Ah! Pergunte qual é o procedimento da escola em caso de doença.

Procure saber da direção da escola quantas professoras ou berçaristas há por bebê. Até 1 ano de idade, o ideal é que haja pelo menos um profissional para cada três bebês. Veja como funciona a fase de adaptação da criança ao local, com sua permanência, durante algumas horas por dia. Fique de olho nos brinquedos, tanto da área interna como na externa, nos acessos a escadas ou rampas e até em se há extintores de incêndio espalhados pelas instalações. Segurança deve ser uma prioridade. Observe se crianças têm como entrar e sair sem ser acompanhadas ou notadas e se desconhecidos conseguem passar sem algum tipo de controle.

A alimentação é um ponto muito importante! Recentemente, soube que o colégio Christus, que fica no caminho do Porto das Dunas, não vende frituras, nem refrigerantes. Além disso, todas as sextas-feiras, eles fazem o “Dia da Fruta” na hora do lanche e as crianças adoram! Gostei do incentivo à alimentação saudável! E fui lá conferir!

 

Uma boa escola deve ter um clima receptivo. Confie no seu instinto e em suas primeiras impressões. Na dúvida, visite mais de uma vez a mesma escolinha.  Você consegue imaginar seu filho estudando ali? Então vai em frente!

Recomendado para você

2 Comentários

  • Marilia Mota disse:

    Muito interessante e importante esse tema. Sou professora e acho que além desses pontos, deve-se observar a quantidade de crianças por sala, não só na sala em que seu filho ira estudar. É importante que a escola trate seu filho como único, e não como um número a mais. Que conheça sua história e suas particularidades. Em escolas pequenas isso acontece melhor. E quanto a alimentação, trabalho na Casa da Tia Léa e lá é oferecido alimentação (lanche, almoço e lanche e jantar) preparado por nutricionista. Claro que se o pai não quiser pagar por isso, ele pode enviar o lanche da criança, desde que siga algumas recomendações (como não enviar refrigerantes, salgadinhos, biscoitos e bolos recheados, etc.) . Nessa lista de recomendação, tem sugestões do que levar.

  • Eu gostaria de Receber os livros na minha residencia meu endereço e R.. Amadeu ruotti, 20-A

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 19 =