Blog do Jocélio Leal

Pecém: torcida por um bom contrato com Roterdã

866 1

Ao contribuinte cearense resta torcer para que as tratativas entre o Governo do Estado e a holandesa Port of Rotterdam estejam avançando de modo bastante proveitoso.

É grande a expectativa com o retorno a ser obtido, dado o valor que nossa joia da coroa tem, o muito bem localizado Porto do Pecém.

O melhor exemplo de relação profícua entre público e privado está em…Roterdã. A Port of Rotterdam é estatal.

A Prefeitura da cidade detém 70% do capital social e o Governo da Holanda os demais 30%.

Em tempo: os quatro maiores portos do mundo são chineses. O quinto é coreano. Roterdã é o sexto.

Os holandeses interessam, mas o Ceará precisa assinar um contrato no qual seja grande.

Leia completa aqui 

Recomendado para você

1 comentário

  • Dr. Mundico disse:

    O colunista esquece que possuir capital não significa necessariamente operar ou administrar. O porto de Roterdã pertence aos governos municipal e federal, mas a sua operação é toda feita mediante concessões, contratos e parcerias com empresas privadas.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *