Blog do Jocélio Leal

Fortaleza: autuações na José Avelino são inócuas

Movimentação na feira da rua José Avelino em junho do ano passado. Desde maio último a Prefeitura removeu bancas, mas o comércio na área continua(foto: Tatiana Fortes – O POVO)

Fortaleza – Nesta terça-feira (19/09), a Prefeitura de Fortaleza embargou e multou cinco estabelecimentos na região da rua José Avelino por falta de alvará de funcionamento. Segundo a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), os autuados já haviam sido notificados. De todo modo, não são os grandes galpões e o efeito do fechamento acaba sendo diminuto.

A ação da Prefeitura ocorre às vésperas da conclusão das obras de requalificação da rua José Avelino, de onde o Município retirou bancas de comércio de roupas, mas ainda persiste o comércio em galpões e com ambulantes. Ou seja, a proposta de revitalizar a José Avelino virou uma lenda. Nem os fiscais acreditam mais.

A Coluna Vertical S/A tratou do tema no domingo. 

O Blog apurou que na região há perto de 90 estabelecimentos irregulares. Destes, cerca de 30 estão em processo de regularização, desde maio. Nenhum cumpriu tudo que era exigido. O prazo é agora 22 setembro, graças à prorrogação, e não será surpresa uma nova colher de chá.

Dos demais 60 nenhum se mobilizou para ficar ok. São estes que estão na mira da Prefeitura e vão sendo autuados aos poucos.

A fiscalização na área é realizada em média por 30 fiscais e 50 auxiliares, com o apoio da Guarda Municipal de Fortaleza e da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). Isto custa dinheiro.  Mas todo o aparato não produz o efeito prometido pela Prefeitura. Enquanto houver galpões e ambulantes será inócuo.

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *