Blog do Jocélio Leal

Sobre a invasão do Palácio da Abolição

6285 3

Fortaleza – A ocupação do Palácio das Abolição, sede do Governo do Ceará, por integrantes do Movimento Luta por Moradia (MLM) é um episódio a lamentar na história do Palácio. Não vem ao caso reprimir com violência aquelas pessoas usadas pela lideranças do tal movimento. Mas cabe preservar o patrimônio e a liturgia da sede do Governo. Esta preservação não houve, ao contrário do que fizera o Governo em maio passado, ao isolar a área em passeata contra a violência.

De modo irresponsável, o referido grupo invasor levou até crianças para o ato, uma atividade de risco embutido. Em suma, querem ganhar uma casa. Leia aqui

Morariam em área de risco, no bairro Cidade Jardim. Enquanto isso, ocupam os jardins do Abolição.

Invasores armaram redes em pleno jardim do Palácio da Aboluição, sede do Governo do Ceará (Fotos: Fábio Lima-O POVO)

 

O Mausoléu Castelo Branco também foi invadido

 

Recomendado para você

3 Comentários

  • Costa disse:

    O que tem em comum a Reitoria da UFRJ e o pessoal do MST? Não valorizam o patrimônio público… Mostra somente o quanto esse governo é fraco…

  • mariana disse:

    falar do povo é facil, dificil é se movimentar pra dar a eles moradia que é direito de todos e eles não tem. No brasil é assim, pra uns as leis funcionam pra outros a justiça é cega. Bando de Hipocritas.

  • Vinicius disse:

    O espaço é público, se entra quando quiser por quem é contribuinte. Claramente uma manifestação pacifica, em busca de um dos direitos sociais representados na CF não defendidos pelo governo para a população mais pobre.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =