Blog do Jocélio Leal

Restaurante suspende atendimento em Fortaleza

2685 4

Fortaleza – Fechou para atendimento ao público o restaurante Soul Gourmet, na avenida Edilson Brasil Soárez. Vai atender somente por delivery. Alega muita insegurança, burocracia, taxas abusivas e recessão. A associação dos restaurantes, a Abrasel, divulgou uma nota de lamento e aponta desânimo no mercado.

“O Soul Gourmet é um restaurante de altíssima qualidade, tanto em termos de culinária (um dos sócios, o sr. Verilo é formado no Cordon Bleu no Canadá), quanto de ambiente e de administração”, destaca.

“A Abrasel não está em campanha contra A ou B do poder público, simplesmente vivenciamos o dia a dia dos nossos associados com suas alegrias, dificuldades e anseios, mas não podemos silenciar diante de alguns fato”.

E afirma: “Em mais de 26 anos de existência da Abrasel no Estado, nunca presenciamos uma mortalidade tão forte dos restaurantes instalados em via pública. Esta realidade chegou a 30% dos nossos associados, para nossa tristeza”.

“Com o excesso de impostos, ambulantes em excesso, insegurança, leis esdrúxulas e exigências do poder público cada vezes maiores, sem uma contrapartida”.

Prossegue: “Estamos indo ao inverso do que acontece nas outras capitais do País, onde os estabelecimentos de setor de alimentação fora do lar animam as ruas”.

Diz ainda: “Os grandes investimentos de Fortaleza do setor estão se voltando para os shoppings da cidade. Shows, encontros gastronômicos, redes internacionais ou locais de entretenimento e de restaurantes estão migrando para esses equipamentos!FICOU MAIS SEGURO INVESTIR EM SHOPPINGS QUE NA RUA (caixa alta da nota)”.

Ainda a nota: “Poderíamos até entender esta situação se tivéssemos o clima do Canadá no inverno, mas o Brasil e os brasileiros gostam das ruas, de sua alegria e de seus botecos e restaurantes que, infelizmente, na cidade de Fortaleza estão morrendo!”

Rodolphe Trindade, o presidente da Abrasel no Ceará, assina.

Recomendado para você

4 Comentários

  • Antonio Serpa disse:

    Moro perto. Excelente estrutura. Quem se responsabiliza por isso?

  • Murilo disse:

    Nunca ouvi falar desse restaurante…

  • Fernando disse:

    Mas como frequentar com essa bandidagem solta?
    Como frequentar com esses donos da rua a extorquir (flanelinhas)?
    Taxas ,gorjetas, porcentagens, etc…ah! Ainda tem conta!

  • César Moura disse:

    Íamos lá quase diariamente, eu e minha esposa, onde costumávamos comprar pratos congelados. Era natural aproveitar para almoçar ou jantar por lá mesmo. Também por ser um lugar que tinha ótimos petiscos, era comum ir lá para tomar uma cervejinha. Aí soubemos que o Soul Gourmet iria parar de vender pratos congelados e fechar para reforma. Ficamos tristes, porque era a única opção para comprar pratos congelados de ótima qualidade. E que reforma! Deve ter durado um ano! Tão logo reabriram, passei por lá para conhecer. Vi que era um lindo restaurante. Mas como tantos outros. Para encurtar a história, nunca mais pus os pés lá. Interessante que conheci um vizinho meu lá, enquanto fazíamos compras e, conversando com ele, vi que também ele deixou de frequentar o Soul Gourmet, afinal, uma reforma tão longa demobiliza qualquer clientela, por mais fiel que seja. Resumindo, o que me fez para de ir lá não foi bandidagem ou coisa que o valha. E falo pelo meu vizinho também. Assim, se essa pequena amostragem de 3 clientes (eu, minha esposa e meu vizinho) é minimamente significativa, acredito que a decisão desastrosa de parar de vender pratos congelados aliada a essa reforma interminável foi o que quebrou o restaurante. Uma pena.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *