Layout

Conceitos da Gestalt à Comunicação Visual aplicada ao Jornalismo

O publicitário e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) Chico Neto passou a missão para os alunos da cadeira Programação Visual do curso de Jornalismo: conhecer mais detalhes das relações entre linguagem verbal e não-verbal, do trabalho de design editorial e da importância da imagem de capa na promoção do produto jornalístico. A revista Época foi utilizada como objeto de estudo.

O desafio era recriar a capa da edição 729. “TED: o fast food do saber” foi a manchete principal.

“O objetivo foi integrar os conhecimentos em Teoria da Percepção e História da Comunicação Visual em uma prática criativa pertencente ao cotidiano do universo jornalístico”, afirma Neto.

Os alunos apresentaram novas propostas a partir de movimentos artísticos apontados  por Chico Neto. Dadaísmo, Ja-Pop e Psicoldelismo foram alguns dos resultados apresentados pela turma.

“Na disciplina de Programação Visual em Jornalismo, mais importante que aprender termos técnicos, é convidar os futuros jornalistas como a linguagem não-verbal é relevante na construção do discurso jornalístico. Passeamos por toda história da arte e da comunicação visual. E, ao final, aliamos este aprendizado à teoria Gestalt em um objeto gráfico que mesmo cotidiano é fascinante: a capa de uma revista semanal”, acrescenta.

A propósito, Chico Neto foi um dos palestrantes do TEDx Fortaleza, realizado  no início do mês.

 

 

Com informações do Faz Caber

 

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *