Plínio Bortolotti

O POVO: local de encontros

Da esquerda para a direita: Plínio, a repórter Viviane Gonçalves, Caio e sua mãe, Iúna. Foto: Talita Rocha

Plínio, a repórter Viviane Gonçalves; Caio e sua mãe, Iúna. Foto: Talita Rocha

Esteve hoje no O POVO Caio de Aguiar Maia, acompanhado de sua mãe dona Iúna Aguiar. Caio vai colar grau amanhã, na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará [UFC], campus de Barbalha.

Fiquei sabendo da história dele por uma carta, publicada pelo seu pai, Nilo Aguiar Maia, na edição do Jornal do Leitor de sábado [5/12/2009]: veja abaixo.

Nilo conta que o filho Caio, aos 8 anos de idade [1992], escreveu uma carta ao O POVO, manifestando preocupação com a ecologia. A carta chamou a atenção de José Raymundo Costa, o Seu Costa [1920-2004], então vice-presidente do jornal.

Seu Costa convidou Caio para vir ao jornal. O menino veio acompanhado do pai e da mãe e foi convidado a colaborar no então nascente suplemento infantil do O POVO, o “Clubinho”.

Convidei Caio para voltar ao jornal, hoje, com 25 anos e formado em Medicina. Mantenho a tradição do O POVO, desde a sua fundação, de proximidade com os leitores; alguns deles – como Caio –  com alguns aspectos de sua vida bastante ligados ao jornal.

E tem mais uma coincidência: a editora do Jornal do Leitor, Jacqueline Costa – que publicou a carta do pai de Caio -, é filha de Seu Costa.

Se você tem algum história ligada ao O POVO, escreva para a Jacqueline, que ela encontrará espaço no Jornal do Leitor: opiniao@opovo.com.br e jacqueline@opovo.com.br

Veja o texto de Nilo Aguiar Maia, pai de Caio, publicado no Jornal do Leitor.

Parabéns filho!

Caio está se formando em Medicina e aqui, no Jornal do Leitor, publicou suas primeiras redações

Nilo Maia

Sou leitor e assinante desse conceituado jornal há, aproximadamente, vinte anos. Meu filho mais velho, hoje com vinte e cinco anos, colará grau em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC), no início de dezembro deste ano. Trata-se de um rapaz inteligente, muito ético, com acentuado espírito de justiça e humanitário.

Quando ainda muito jovem, por volta dos oito anos de idade, Caio escreveu, de próprio punho uma carta a esse jornal, onde demonstrava sua preocupação com o meio ambiente. Sua carta foi publicada. Dada a sua tenra idade, referida carta chamou a atenção do jornalista Raymundo Costa (já falecido), criador deste Jornal do Leitor. Seu Costa nos localizou. Recebemos em nossa casa, uma ligação telefônica de sua secretária, solicitando o comparecimento do meu filho à redação do jornal, pois o mesmo tinha interesse em conhecê-lo pessoalmente. Comparecemos. Na ocasião, ele foi convidado para colaborar com o suplemento infantil que O POVO iria lançar. Ainda hoje tenho guardada a publicação acima referida.Foi um grande incentivo.

Hoje Caio é um médico. E, em virtude de sua formatura, a nossa homenagem aqui neste espaço que um dia o acolheu com tanto carinho.

O jovem Caio de Aguiar Maia, colará grau no próximo dia 9/12. Pelo seu perfil, logo mais contaremos com um médico competente, ético e com ampla visão humanística. Eu e sua mãe Iúna estamos radiantes de felicidade. Parabéns filho!

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *