Plínio Bortolotti

Turismo, voos e bola

HR - Aviação comercial

O artista plástico Hélio Rôla desenha e escreve:

«A suspensão dos voos noturnos sobre Fortaleza faria dela uma cidade mais bela ainda. Imagine uma madrugada, uma só, sem os estrondos trovejantes da poluição sonora nem do fumacê da poluição química de origem aérea que toda noite caem dos céus infelicitando o viver de um expressivo número de pessoas, seres humanos, e os outros bichos? que tem a infelicidade de habitar abaixo das rotas aéreas da aviação comercial que se serve do aeroporto Pinto Martins, um aeroporto maquiado de internacional e já pelas tabelas, como se diz, no coração de uma cidade que só pensa em turismo e bola.. O “periscópio informático” adverte que o melhor é ficar atento pois qualquer dia desses vão estar construindo, no maior silêncio e segredo, claro, um estaleiro de submarinos aqui na lagoa da Precabura…»

Recomendado para você