Plínio Bortolotti

Mais lenha na fogueira acesa por Rita Lee

Devido a uma polêmica que mantive com Fábio Campos, Vasco Furtado, com artigo em seu blog, entrou no debate. Veja o texto de Vasco.

Mais lenha na fogueira acesa por Rita Lee
Vasco Furtado

«Plinio Bortolotti e Fábio Campos travaram um debate muito interessante sobre o episódio que aconteceu no show da cantora Rita Lee em Aracaju mês passado. Plínio defendeu haver um erro de prioridade da Polícia de Sergipe quando decide fazer revistas nas pessoas que estavam ao pé do palco da cantora ao invés de combater crimes mais importantes.

Fábio Campos em artigo anterior já havia se posicionado contra os argumentos de Plínio, argumentando que “quando uns e outros passam a entender que cumprir ou não a lei depende do ponto de vista, é sinal de que há algo de 
muito errado em nossa sociedade”. Ele considera que a relativização das leis atenta contra a democracia e não cabe à polícia decidir quem deve ou não se submeter ao rigor da lei.» Continue a ler o texto de Vasco Furtado.

O estado é de direito (primeira intervenção de Fábio Campos)
Rita Lee e a “relativização da leis” (meu artigo)
Dura lex se lex (tréplica de Fábio)

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *