Política

Vereador quer plebiscito para obras caras ou de impacto ambiental

Robert Burns já apresentou diversas propostas de plebiscitos na Capital (Foto: Genilson de Lima/CMFor)

Robert Burns já apresentou diversas propostas de plebiscito na Capital (Foto: Genilson de Lima/CMFor)

Obras de grande valor ou que tenham impacto ambiental podem precisar de aprovação por plebiscito para sair do papel em Fortaleza. É o que prevê projeto de lei que começou a tramitar nesta quarta-feira, 27, na Câmara Municipal de Fortaleza.

Segundo o texto, do vereador Robert Burns (PTdoB), a exigência de plebiscito seria necessária para quaisquer ações de “valor elevado”. Obras em que fossem constatados impactos ambientais, como remoção de árvores, também teriam que ser colocadas em votação.

Nos últimos anos, propostas envolvendo consultas populares têm acumulado na Câmara. Sempre que há uma obra polêmica, como no caso da Ponte Estaiada sobre o Cocó, vereadores propõem a realização de plebiscitos sobre o tema.

As medidas, no entanto, costumam não sair do papel. Além do alto custo de consultas do tipo, há pouco interesse dos demais vereadores em “embarreirar” a atuação livre de projetos do Poder Executivo.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *