Política

Primeiro dia de sessão na Câmara Municipal de Fortaleza terá protesto de servidores

313 1
O Sindifort, com apoio da Intersindical e da Frente Povo Sem Medo, faz protesto na CMFor (Foto: Divulgação / Sindifort)

O Sindifort, com apoio da Intersindical e da Frente Povo Sem Medo, faz protesto na CMFor (Foto: Divulgação / Sindifort)

O início dos trabalhos legislativos de 2017 na Câmara Municipal de Fortaleza será marcado por protesto de servidores. Nesta quarta-feira, 1°, a partir das 9 horas, haverá na Casa um ato organizado pelo Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort), com apoio da Intersindical e da Frente Povo Sem Medo.

A manifestação faz parte da campanha salarial de 2017, que reivindica reajuste de 13,6%, além de moradia, aporte financeiro para o Instituto Previdenciário Municipal. Veja a pauta do protesto:

1- Reajuste salarial de 13,60% sem parcelamento;
2- Mais recursos da Prefeitura Municipal de Fortaleza para o IPM-Saúde para um melhor funcionamento do sistema de saúde;
3- Realização de concurso público, pelo fim da terceirização na PMF;
4- Atualização dos anuênios e quinquênios com o pagamento dos atrasados;
5- Individualização dos valores do FGTS dos servidores da Urbfor, antiga Emlurb e implantação dos quinquênios de janeiro de 2013 a fevereiro de 2016;
6- Cumprimento de todos os Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) e demais pontos.

Recomendado para você

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *