Política

Partido Livres protocola dois requerimentos por mais transparência na Câmara Municipal

Dois requerimentos pedem por mais transparência na Câmara Municipal de Fortaleza (FOTO: Reprodução / Facebook)

Dois requerimentos protocolados na última quarta-feira, 29, na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) pedem por mais transparência na Casa. A autoria é do partido Livres, ex-PSL, em parceria com o movimento Patrulha da Transparência.

Um dos documentos requer o detalhamento imediato dos gastos dos vereadores com a Verba de Desempenho Parlamentar (VDP), alvo de escândalos no ano de 2015, “pormenorizando específica e individualmente os gastos” e a apresentação dos comprovantes dessas despesas, através de notas fiscais e extratos dos cartões usados para essas despesas.

O outro requerimento pede que seja feito o detalhamento dos gastos dos vereadores com seu assessoramento, “pormenorizando específica e individualmente quem são, o quanto recebem e como recebem essas verbas” e disponibilizando todos os comprovantes de despesas. Além disso, o documento solicita que sejam apresentados comprovantes de que todos os assessores preenchem os requisitos para ocuparem seus cargos.

O presidente do Livres no Ceará, advogado Rodrigo Saraiva Marinho, argumenta que, “se a Câmara é tão transparente, não haverá problema em responder todos os pedidos”.

Repercussão

O pedido por mais transparência repercutiu na Câmara antes mesmo dos dois requerimentos serem protocolados, quando a página do Facebook do Livres e de outros movimentos de caráter liberal questionavam o uso da VDP pelos vereadores.

Na véspera do ato, na sessão do dia 28 de novembro, o assunto foi pauta da Câmara e rendeu a defesa do uso da verba pelo vereador Adail Júnior (PDT). “Tenho orgulho. Se me derem R$ 100 mil eu uso, se me derem R$ 200 mil eu uso, se me derem R$ 1 milhão eu uso, e eu vou usar enquanto eu for parlamentar dessa Casa (…) Como é que eu vou trabalhar sem VDP se eu tenho dois empréstimos?”, disse o parlamentar.

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *