Política

“Meu voto vai ser pra corrigir essa ilegalidade”, diz Wagner sobre prisão de Daniel Silveira

Deputado federal Capitão Wagner

Capitão Wagner, líder do Pros na Câmara

Deputado federal e líder do Pros na Câmara, Capitão Wagner afirmou há pouco, nesta quinta-feira, 18, que votará amanhã contra a manutenção da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

“Eu tenho a minha posição”, diz Wagner. “Meu voto amanhã vai ser para corrigir essa ilegalidade. O deputado vai responder no inquérito e no Conselho de Ética. Já está respondendo pelo vídeo que fez.”

O parlamentar cearense também afirma “que todos os juristas que a gente consultou e que conhecem a Constituição apontaram uma ilegalidade no ato praticado pelo STF”.

Em seguida, compara a conduta de Silveira com a do ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

“Quando Ciro Gomes disse que deveriam dar ao Bolsonaro o mesmo destino que foi dado a Mussolini, quando disse que vai receber a bala a turma do Moro, quando ameaça as pessoas, ele não cometeria o mesmo suposto crime cometido pelo deputado Daniel? Eu nunca vi o STF nem ninguém mandar prender o Ciro Gomes em flagrante”, questiona.

Silveira foi preso na última terça-feira, 16, após cumprimento de mandado expedido pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, relator de inquérito na Corte que investiga fake news e atos antidemocráticos.

A prisão do parlamentar foi mantida hoje em audiência de custódia.

Nesta sexta-feira, 19, a Câmara decide se mantém a prisão de Silveira ou se a rejeita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *