Respirando Música

Músicas da Adele podem transformar heterossexuais em gays, afirma médico americano

Em entrevista a um documentário, John Smid disse que as músicas da cantora Adele levam uma pessoa heterossexual ao homossexualismo. Smid afirmou que as músicas de Adele são muito populares na comunidade gay, o que pode incentivar à homossexualidade.

John Smid é um médico aposentado dos Estados Unidos e foi procurado para dar uma entrevista ao documentário Cure Me, I’m Gay, apresentado por Christian Jessen, também médico e assumidamente gay. O documentário tem o o objetivo de mostrar as falhas das supostas terapias de “cura gay”.

Na entrevista, John Smid pede que os homens parem de escutar as músicas da cantora e passem a ouvir mais músicas cristãs.

E aí, vai de Adele?

 

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *