Tomodachi Nerd's

Visual Novel Shojo wa Oneesama ni Koishiteru: 3-tsu no Kiraboshi ganhará anime

135

Oneesama ni Koishiteru 3-tsu no Kiraboshi

Na conta oficial da desenvolvedora Caramel Box, foi anunciada a produção de uma adaptação em anime do visual novel Shojo wa Oneesama ni Koishiteru: 3-tsu no Kiraboshi. Este lançamento faz parte da franquia Otome wa Boku ni Koishiteru (Otoboku: Maidens are Falling for Me!).

A visual novell original de Otome wa Boku ni Koishiteru foi desenvolvido e distribuído pela Caramel Box. Lançado inicialmente como um eroge em 28 de janeiro de 2005, teve um relançamento sem o conteúdo sexual para os consoles PlayStation 2 e PlayStation Portable. Posteriormente a MangaGamer lançou a versão original em inglês em 2012. O modo de jogo oferece a clássica “rota de rotas alternativas com cada garota”, tendo um total de seis heroínas disponíveis para serem conquistadas pelo jogador.

Na verdade, a visual novel original foi classificado como o segundo melhor videogame lançado em seu tempo e foi classificado no Ranking dos 50 Mais Vendidos em várias ocasiões. Mais tarde, Feel Studios produziria uma adaptação de anime de doze episódios, lançada em outubro de 2006 no Japão, seguida por um OVA de três episódios produzido por SILVER LINK e intitulado Futari no Elder The Animation.

História

Mitsu tem trabalhado muito para melhorar a cada dia a fim de pagar sua dívida com a família Kazahaya. No entanto, seu trabalho é se infiltrar em uma escola para meninas. O objetivo é oferecer proteção ao próximo chefe da família, e sua aparência feminina é perfeita para passar despercebida por todas as alunas.

No entanto, a vida glamorosa das senhoras da academia é completamente inesperada, e Mitsu logo começa a chamar a atenção por sua beleza notável, sendo indicada para o Terusei, que é essencialmente o Conselho Estudantil. Agora ele está competindo contra a mesma jovem que tem de proteger, o que acabará por formar um triângulo amoroso inesperado.

fonte:  twitter

Recomendado para você

Os comentários estão fechados aqui.